sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

VIVENDO NA VISÃO E NA UNÇÃO DE NOSSO MINISTERIO, REALIZAMOS COISAS IMPOSSÍVEIS AO SER HUMANO COMUM




I-INTRODUÇÃO

I CRONICAS 11:10-25-10 São estes os chefes dos valentes de Davi, que o apoiaram fortemente no seu reino, com todo o Israel, para o fazerem rei, conforme a palavra do Senhor, no tocante a Israel.
11 Esta é a relação dos valentes de Davi: Jasobeão, filho dum hacmonita, o chefe dos trinta, o qual, brandindo a sua lança contra trezentos, duma só vez os matou.
12 Depois dele, Eleazar, filho de Dodó, o aoíta; ele estava entre os três valentes.
13 Este esteve com Davi em Pas-Damim, quando os filisteus ali se ajuntaram à peleja, onde havia um pedaço de campo cheio de cevada; e o povo fugia de diante dos filisteus.
14 Mas eles se puseram no meio daquele campo, e o defenderam, e mataram os filisteus; e o Senhor os salvou com uma grande vitória.
15 Três dos trinta chefes desceram à penha; a ter com Davi, na caverna de Adulão; e o exército dos filisteus estará acampado no vale de Refaim.
16 Davi estava então no lugar forte, e a guarnição dos filisteus estava em Belém.
17 E Davi, ofegante, exclamou: Quem me dera beber da água do poço de Belém, que está junto à porta!
18 Então aqueles três romperam pelo arraial dos filisteus, tiraram água do poço de Belém, que estava junto à porta, e a trouxeram a Davi; porém Davi não a quis beber, mas a derramou perante o Senhor,
19 dizendo: Não permita meu Deus que eu faça isso! Beberia eu o sangue da vida destes homens? Pois com perigo das suas vidas a trouxeram. Assim, não a quis beber. Isso fizeram aqueles três valentes.
20 Abisai, irmão de Joabe, era o chefe dos três; o qual, brandindo a sua lança contra trezentos, os matou, e teve nome entre os três.
21 Ele foi mais ilustre do que os outros dois, pelo que foi feito chefe deles; todavia não igualou aos primeiros três.
22 Havia também Benaías, filho de Jeoiada, filho de um homem valente de Cabzeel, autor de grandes feitos; este matou dois filhos de Ariel de Moabe; depois desceu e matou um leão dentro duma cova, no tempo da neve.
23 Matou também um egípcio, homem de grande altura, de cinco côvados. O egípcio tinha na mão uma lança como o órgão de tecelão; mas Benaías desceu contra ele com um cajado, arrancou-lhe da mão a lança e com ela o matou.
24 Estas coisas fez Benaías, filho de Jeoiada, pelo que teve nome entre os três valentes.
25 e o mais ilustre, contudo não igualou aos primeiros três; e Davi o pôs sobre os da sua guarda.

Este trecho da Palavra de Deus na maior parte das traduções em português possui um subtítulo de ´OS VALENTES DE DAVI”.

Homens que se ajuntaram a Davi afim de ajudarem Davi a reinar.

Pelos atos destes homens neste objetivo, percebe-se que sua capacitação para tal não era algo humano, mas sobrenatural vindo de Deus, isto é uma verdade absoluta quando se observa o que alguns dos valentes de Davi fizeram.

Josebe-Bassebet com sua lança matou de uma só vez 800 homens (II SAMUEL 23:8)
Eleazar quando os soldados de Israel fugiram ele e mais três valentes ficaram e lutaram contra os filisteus, este se levantou e feriu o exército de tal forma lutou que não conseguia mais abrir a mão para soltar a espada (II SAMUEL 23:10)
Samá o SENHOR lhe dá uma força especial de modo que ele só defende o campo de lentilhas do ataque 
Jasobeão matou de uma só vez 300 inimigos com uma lança (I CRONICAS 11:10)
Abisai mata também 300 inimigos com uma lança (I CRONICAS 11:20)
Benaia venceu dois homens campeões que pareciam leões e também matou um leão e matou um Egípcio de 2,30 M, apenas com uma vara que usou para tirar a lança da mão do gigante (I CRONICAS 11:22-23)
Davi tinha muitos outros valentes, cerca de 30 eram os principais, homens que pela unção fizeram muitas coisas e que nos ensinam muito a respeito de muitas coisas.
II- A IMPORTANCIA DE ESTAR DEBAIXO DE AUTORIDADE ESPIRITUAL
Estes homens eram chamados de valentes de Davi, você já percebeu que não eram CHAMADOS DE VALENTES DE DEUS, na Biblia sagrada, que são textos inspirados pelo Espirito Santo?
Como o SENHOR não faz nada por acaso, porque a Bíblia é a Palavra de Deus, podemos entender que há uma explicação para isso, que é nos mostrar a importância de estarmos congregados, debaixo de autoridade e unção ministerial.
Estes homens estavam debaixo do propósito e direção que Deus tinha dado a Davi, tudo o que Deus operou neles, operou porque eles estavam sob a autoridade de Davi, fazendo o propósito de Deus para ele que era o de reinar sobre Israel.
Veja que tudo o que eles fizeram era para que Davi fosse reconhecido de fato e direito e pudesse ser rei sobre Israel.
I CRONICAS 11:10-10 São estes os chefes dos valentes de Davi, que o apoiaram fortemente no seu reino, com todo o Israel, para o fazerem rei, conforme a palavra do Senhor, no tocante a Israel.
Quando estamos congregados, imbuídos de fazer a visão de Deus através deste ministério, fluir, se concretizar, batalhamos para isso, o SENHOR nos guarda, nos protege e nos capacita com o poder do sobrenatural de Deus.
SALMOS 133: 1 Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!
2 É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desceu sobre a barba, a barba de Arão, que desceu sobre a gola das suas vestes;
3 como o orvalho de Hermom, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordenou a bênção, a vida para sempre.
Veja que o salmista Davi mostra que somente na casa aonde há unidade haverá benção.
A unidade física, sem a unidade espiritual não possui qualquer utilidade para Deus. Viver juntos sem andar na mesma direção, partindo do mesmo pão e seguindo em amor ao mesmo alvo jamais trará resultados
Quantos hoje estão no meio das igrejas, mas não aceitam a visão do ministério, não se envolvem para que o ministério alcance seus objetivos, estão como sem uma posição definida em relação a tudo que acontece na igreja?
A unção que está sobre o ministério estará também sobre você individualmente, quando você se envolver em fazer aquilo que Deus colocou como visão ali.
Quando lí isto, que é uma visão de muitos pregadores, dentre eles do Pr. Jimmy Swaggart, pude entender porque nós evangélicos temos tantas denominações, cada uma dentro de uma visão especifica de trabalho, exatamente para que todo corpo de Cristo, acha-se seu lugar e pudesse se envolver para a concretização daquilo.
Cada ser humano tem seu próprio raciocínio, sua própria visão, entretanto quando se vive em grupo se faz necessário uma direção comum, pois se cada um fizer aquilo que quer, o grupo deixará de existir.
Por isso o grupo tem que ter um cabeça, uma direção, assim é dentro da igreja, a melhor parte da história de Israel, foi quando havia uma liderança estabelecida por Deus, que dirigia o povo de acordo com a visão que Deus lhe dava, segundo as orientações de Deus, por isso seja submisso e obediente.
Parece que submissão e autoridade são sinônimas mas não são.
Obediência tem a ver com as nossas ações com relação à au­toridade. Submissão tem a ver com nossa atitude para com estas au­toridades. Obediência é realizar o que se pede, submissão é tratar com respeito, é honrar , as autoridades.
Se entramos voluntariamente em um grupo, não podemos agora agir contra ele. Não podemos desobedecer às determinações do líder.
Todo grupo tem um objetivo que justifica sua existência. Se obedecemos, estamos contribuindo para que o objetivo seja alcançado. 
HEBREUS 13:17-17 Obedecei a vossos guias, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas como quem há de prestar contas delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.
Quando Abraão e Ló não compartilharam mais desta unidade, Abraão decidiu que era melhor viver em paz, porém separados do que juntos em desarmonia. 
Quando José não teve o apoio dos seus irmãos Deus escolheu tirá-lo de um meio onde havia brigas, invejas e confusões, para que ele pudesse progredir e atingir os planos de Deus para sua vida. 
Pela falta de unidade entre o povo de Israel em concordância com a direção de Deus dada a Moisés, o povo levou 40 anos para cruzar um deserto que poderia ser cruzado em 40 dias.

III - CHEIOS DE UNÇÃO NÃO ABREM MÃO DE NADA PARA O INIMIGO
Nós cremos que tudo o que temos é dado pelo SENHOR, é benção de Deus para nós, seja isso de que tamanho for e que valor tenha, e não desprezamos nada do que recebemos do SENHOR.
Porém o homem natural, aquele que não vive guiado pelo Espirito Santo, só quer aquilo que aparentemente tem valor.
Os valentes de Davi não abriam mão de nada, os judeus plantavam sua semente e quando estavam para ser colhidas, num determinado momento, os Filisteus como era de costume vinham para levar tudo.
Um dos valentes de Davi chamado Samá, estava guardando o seu campo de lentilhas, que não era um campo valioso, e quando os judeus viram os Filisteus diz a Palavra que eles fugiram
II SAMUEL 23:11-11 Depois dele era Samá, filho de Agé, o hararita. Os filisteus se haviam ajuntado em Leí, onde havia um terreno cheio de lentilhas; e o povo fugiu de diante dos filisteus.
Mas estava ali um ungido de Deus que não iria permitir que nada do que fosse benção de Deus fosse levado como despojo e sozinho enfrentou os filisteus
II SAMUEL 23:12-12 Samá, porém, pondo-se no meio daquele terreno, defendeu-o e matou os filisteus, e o Senhor efetuou um grande livramento.
Você está cuidando, defendendo tudo o que Deus lhe deu.?
Você está defendendo sua família, seu casamento, seu emprego, seu ministério, seus sonhos ou tem fugido quando os inimigos aparecem?
IV- HOMENS CHEIOS DE UNÇÃO MESMO CANSADOS CONTINUAM A LUTAR
Um dos valentes do Davi, também foi abandonado pelos judeus quando viram o exército filisteu.
II SAMUEL 23:9-9 Depois dele Eleazar, filho de Dodó, filho de Aoí, um dos três valentes que estavam com Davi, quando desafiaram os filisteus que se haviam reunido para a peleja, enquanto os homens de Israel se retiravam.
Diz a Palavra que na luta contra os filisteus o exército de Israel estava levando a pior e ao ver isto o exército recuou fugindo da luta, porém um valente de Davi chamado Eleazar, continuou lutando de tal modo, sem parar até obter a vitória. 
A luta foi tão árdua que os músculos se retesaram e a espada ficou grudada na sua mão, a ponto de terem que tira-la da mão dele
II SAMUEL 23:10-10 Este se levantou, e feriu os filisteus, até lhe cansar a mão e ficar pegada à espada; e naquele dia o Senhor operou um grande livramento; e o povo voltou para junto de Eleazar, somente para tomar o despojo.
 
Irmãos quando estamos na luta, e ela se torna árdua o Espirito Santo fortalece a nossa vida, de modo que dor, cansaço, não sejam sentidos.
Irmãos quantos de nós para de lutar e foge ao primeiro sinal de dor, não permitindo o agir do Espirito Santo.
Somos chamados a ser tenazes, pessoas de grande resistência, que aguentam pressão.
V- HOMENS CHEIOS DE UNÇÃO TEM PRAZER EM SUPRIR A SUA LIDERANÇA DE FORÇA, ANIMO, PROVISÃO
Um dia Davi estava numa fortaleza cercado pelos Filisteus, e cansado de tantas batalhas ele dá um suspiro e deixa escapar o seu desejo de beber das aguas das fontes de Belém que estavam a porta, mas era o local do acampamento dos Filisteus.
Ouvindo isso três de seus valentes estavam com ele e escutaram, se esforçaram para atender aquele desejo, suprir de refrigério seu líder.
Amado o que mantem a força da unidade são as pessoas que suprem o seu ministério daquilo que é necessário.
Quando você ouve que o ministério tem um sonho de realizar algo, o que você faz?
Podemos fazer o possível para aquilo se concretizar: orar, contribuir, trabalhar etc.
Moisés orava e seus amigos sustentavam seus braços
EXODO 17:11-12-11 E acontecia que quando Moisés levantava a mão, prevalecia Israel; mas quando ele abaixava a mão, prevalecia Amaleque.
12 As mãos de Moisés, porém, ficaram cansadas; por isso tomaram uma pedra, e a puseram debaixo dele, e ele sentou-se nela; Arão e Hur sustentavam-lhe as mãos, um de um lado e o outro do outro; assim ficaram as suas mãos firmes até o pôr do sol.
O Homem natural torce para dar certo, mas não se envolve.
VI – HOMENS CHEIOS DO ESPIRITO NÃO SE MAGOAM SE SUAS ATITUDES, SEJAM DEIXADAS PARA SEGUNDO PLANO NUM DETERMINADO MOMENTO
Os homens de Davi foram buscar a água, mas Davi quando percebeu o perigo que eles correram decidiu não beber a agua e ofereceu em libação ao SENHOR
Nenhum deles fio chateado, deixou de ser valente, porque naquele momento Davi entendeu não ser próprio fazer aquilo.
Servo cheio do Espirito não se melindra, não vive a exigir seus direitos e reconhecimento.
II SAMUEL 23:16-16 Então aqueles três valentes romperam pelo arraial dos filisteus, tiraram água da cisterna que está junto a porta de Belém, e a trouxeram a Davi; porém ele não quis bebê-la, mas derramou-a perante o Senhor;
CONCLUSÃO
Aprendemos nesta noite que grandes vitorias, conquistas que a força e poder estão sobre a vida de quem:
Sabe a importância de se estar sob autoridade, num ministério mas de maneira submissa e obediente;
De que valoriza tudo que Deus nos dá, mesmo que pareça insignificante;
Que homens cheios de unção nunca param de lutar;]
Homens cheio de unção tem prazer em suprir a obra, a liderança com aquilo que e necessário;
Homens cheios de unção não se melindram quando suas vontades não são realizadas.

Nenhum comentário: