sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

VIVENDO A MULTIPLICAÇÃO DE DEUS NA NOSSA VIDA




INTRODUÇÃO
 Lucas 9:10-17-10 Quando os apóstolos voltaram, contaram-lhe tudo o que havia feito. E ele, levando-os consigo, retirou-se à parte para uma cidade chamada Betsaida.
11 Mas as multidões, percebendo isto, seguiram-no; e ele as recebeu, e falava-lhes do reino de Deus, e sarava os que necessitavam de cura.
12 Ora, quando o dia começava a declinar, aproximando-se os doze, disseram-lhe: Despede a multidão, para que, indo às aldeias e aos sítios em redor, se hospedem, e achem o que comer; porque aqui estamos em lugar deserto.
13 Mas ele lhes disse: Dai-lhes vós de comer. Responderam eles: Não temos senão cinco pães e dois peixes; salvo se nós formos comprar comida para todo este povo.
14 Pois eram cerca de cinco mil homens. Então disse a seus discípulos: Fazei-os reclinar-se em grupos de cerca de cinquenta cada um.
15 Assim o fizeram, mandando que todos se reclinassem.
16 E tomando Jesus os cinco pães e os dois peixes, e olhando para o céu, os abençoou e partiu, e os entregava aos seus discípulos para os porem diante da multidão.
17 Todos, pois, comeram e se fartaram; e foram levantados, do que lhes sobejou, doze cestos de pedaços.
I-INTRODUÇÃO: 
A multiplicação de pães e peixes e todos os ensinamentos que advém deste ato de Jesus é tão importante, que é o único milagre de Jesus registrado nos 4 evangelhos. (MATEUS 14:20; MARCOS 6:42; LUCAS 9:17; JOÃO 6:12)
Muita gente acha estranho quando se repete muito uma mesma mensagem na igreja, mas este é um método de fixação de algo importante, de um conceito importante na vida das pessoas para poderem alcançar sua benção, seu objetivo, suas metas.
O SENHOR sempre prometeu ao seus servos uma vida abundante
JOAO 10:10-10 O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.
Vida abundante em todos os sentidos, emocional, espiritual e material.
Como podemos comprovar isto, como tudo na Palavra de Deus
As emoções são abundantemente controladas quando nós desenvolvemos o fruto do Espirito em nossas vidas
MATEUS 11:28-29-28 Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
29 Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.
A vida material é abundantemente suprida por Jesus
FILIPENSES 4:19-19 Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus.
A vida espiritual também é uma vida de manifestações abundantes
JOÃO 7:38-39-38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.
39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado.
Mas muitos podem estar pensando: “Mas pastor eu ainda não estou vivendo nem a abundância, muito menos em cada área da minha vida”
Irmãos isto não é automático, mas é um processo que envolve alguns princípios que temos que começar a estabelecer em nossa caminhada, veja que os discípulos e as pessoas que seguiam a Jesus em suas ministrações, chegaram em um determinado momento que passaram por um momento difícil, onde faltava alimentos.
Todos nós sabemos o final desta situação, que acometia 5 mil homens
LUCAS 9:14-14 Pois eram cerca de cinco mil homens....
Havia pouca comida, praticamente nenhuma, 5 pães e dois peixes
LUCAS 9:13-13 Mas ele lhes disse: Dai-lhes vós de comer. Responderam eles: Não temos senão cinco pães e dois peixes; salvo se nós formos comprar comida para todo este povo.
Jesus porém lhes ensinou aquelas pessoas como obter a multiplicação de Deus em sua vida, através de se adotar alguns ensinamentos como pratica de vida, que vamos aprender a seguir. Seguindo as orientações de Jesus além de serem alimentados, houve alimentos em abundância.
LUCAS 9:17-17 Todos, pois, comeram e se fartaram; e foram levantados, do que lhes sobejou, doze cestos de pedaços.
Vamos aprender agora o que Jesus Ensinou aqueles povo de como transformar a falta em abundância em como viver a multiplicação de Deus em sua vida.


II – SE DESEJAMOS VIVER A MULTIPLICAÇÃO DE DEUS, APRENDA A ORGANIZAR A SUA VIDA, SEGUNDO A PALAVRA DE DEUS
Tem gente que faz projetos de organizar o seu futuro, a sua vida, porém o faz apenas seguindo os seus conceitos humanos, de conhecimento técnico, mas esquece de viver os conceitos de Deus.
Havia uma grande falta naquele lugar, para atender o mais básico das necessidades humanos, que era o alimento, e para conseguir alimentar aquele povo o SENHOR lhes deu uma orientação,
LUCAS 9:14-15-14 Pois eram cerca de cinco mil homens. Então disse a seus discípulos: Fazei-os reclinar-se em grupos de cerca de cinquenta cada um.
Que era a de se organizar em grupos, se sentar em grupos de 50 pessoas.
Você sabe que numa multidão a notícia corre, com certeza alguém já havia espalhado que não tinha comida, imagine para quem está com fome e longe da sua casa, receber esta notícia com sua mulher e filhos no local, a tendência normal era cada um querer dar o seu jeito.
Um indo em busca de caça no mato, outro em busca de frutas, ou ainda aqueles que pudessem pescar, isso seria o pensamento de um homem natural.
Mas diz a Palavra que a multidão ouviu a orientação de Jesus e a cumpriu.
LUCAS 19:15-15 Assim o fizeram, mandando que todos se reclinassem.
E a ordem para que houvesse o mover de Deus e a multiplicação de Deus era que estes se organizassem em grupos, quem já atendeu multidão sabe que se não houver organização a gente não consegue atender a todo mundo, pois vira tumulto, alguns pegam mais outros nem pegam ou pegam menos.
Trazendo isso para o lado espiritual, temos que não apenas organizar a nossa vida com as prioridades corretas, mas principalmente viver a prioridade da Palavra em nossa vida.
Você tem organizado a uma vida, conforme tudo que a Palavra de Deus orienta, em todos os sentidos: emocionalmente, espiritualmente e materialmente?
EMOCIONALMENTE desenvolvendo o fruto do Espirito
GALATAS 5:22-23-Gl 5:22 "Mas o fruto do espírito é: caridade, (Gr. ágapéi: amor divino em ação) gozo (alegria, satisfação), paz, longanimidade (paciência, tolerância), benignidade (gentileza, consideração), bondade (desejo de ajudar), (fidelidade), mansidão (brandura), temperança (domínio próprio); contra estas coisas não há lei.
O fruto do Espírito é cultivado por meio de uma atitude, ou "andar em Espírito", enquanto as obras da carne vêm por meio de uma concessão: dar lugar à carne para que ela se manifeste, você vê a importância do Espirito Santo cotidianamente em nossa vida.
ESPIRITUALMENTE
Colocando o SENHOR acima de tudo o mais, pensando se o agradamos em tudo o que fazermos, veja o que diz o texto de Provérbios.
PROVÉRBIOS 3:5-6-5 Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.
6 Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.
A palavra “reconhecer” nas línguas originais, tem o sentido de colocar o Senhor acima de tudo, no sentido de: “pense em Deus em tudo o que você fizer”, “deixe que o Senhor sempre seja a motivação para tudo o que você faz”, “busque em primeiro lugar o reino de Deus”.
Se buscamos a vontade de Deus em tudo o que fizermos, o Senhor nos abençoará sem medida.
MATEUS 6:33-33 Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
MATERIALMENTE
Sendo generosos, investindo no reino de Deus, divisão nas boas obras, etc.
É bom refletir sobre isso, pois pode ser a causa de não vivermos a abundância, a plenitude da multiplicação em nossa vida, ORGANIZE-SE, para Deus agir.

III- SE DESEJAMOS VIVER A MULTIPLICAÇÃO, TENHA SEMPRE UMA ATITUDE DE ABENÇOAR
No meio daquela multidão haviam pessoas em sua grande maioria que queriam aprender mais de Deus, outros com certeza com interesses apenas em resolver as suas questões e talvez uma minoria que queria destruir a Jesus, os inimigos infiltrados.
Jesus com sua sabedoria e com a unção do Espirito Santo, sabia que um dos princípios de ser abençoado e desenvolver uma vida de abençoar as pessoas ao seu redor.
I PEDRO 3:9- 9 não retribuindo mal por mal, ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo; porque para isso fostes chamados, para herdardes uma bênção.
Você entende que sempre devemos abençoar, bendizer e nunca o contrário, por pior que tenha acontecido conosco.
Jesus sempre ensinou isto na suas instruções, quando enviou os discípulos para pregar a primeira coisa que ELE orientou é que estes abençoassem a casa que os recebiam, fossem ela composta de pessoas de fé ou não.
LUCAS 10:1,5-6- 1 Depois disso designou o Senhor outros setenta, e os enviou adiante de si, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir.
5 Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: Paz seja com esta casa.
6 E se ali houver um filho da paz, repousará sobre ele a vossa paz; e se não, voltará para vós.
As vezes temos situações em nossa vida, que nos põe em aperto, em amargura em tristeza e a tendência é falar contra elas, mas dar graças por ela.
Pessoas que tentam nos prejudicar não devemos retornar isto em maldição, mas pedir a benção de Deus sobre a vida dela, de modo que seus olhos sejam abertos e elas possam reconhecer seus maus caminhos e mudarem.
As vezes estamos em um emprego que não consegue suprir todas as nossas necessidades, falta dinheiro para realizar algumas coisas, quantos não são aqueles que maldiçoam aquele emprego, o pequeno salário.
Pessoas que estão em uma casa que ainda não é aquela que desejariam e ficam murmurando de suas casas, reclamando de tudo, denegrindo o lugar que moram.
Outros murmuram de seu casamento, de seu cônjuge, de suas falhas, de seu temperamento, etc.
Comida, quantas pessoas não reclamam do que tem para comer, isso é muito comum ao jovens, mas também em adultos, esquecendo que tem o que comer, lembra do povo de Deus no deserto com o maná?
Veja o caso de Jesus, depois de alguns dias no deserto, só havia para comer pão e peixe e mesmo assim em pouca quantidade, mas o que Jesus fez?
ABENÇOOU O QUE TINHA
LUCAS 9:16- 16 E tomando Jesus os cinco pães e os dois peixes, e olhando para o céu, os abençoou.
Meu irmão que da sua boca sai apenas benção, sobre tudo e sobre todos, e com certeza a multiplicação estará sobre a tua vida.
IV- SE QUEREMOS VER A MULTIPLICAÇÃO DE DEUS EM NOSSA VIDA, TEMOS QUE APRENDER QUE NA VIDA ESPIRITUAL RETER NÃO ENRIQUECE
Uma coisa interessante é que os valores de Deus são muito melhores, são perfeitos e totalmente diferentes da visão do homem.
Quando queremos crescer de uma forma geral, nós fechamos com o que temos e tentamos superar os demais acumulando mais daquilo que desejamos crescer.
Um exemplo disso muito comum é no trabalho, quando desejamos um cargo superior queremos demonstrar controle, conhecimento e guardamos nosso conhecimento para nós mesmos, não ensinamos os outros para não criar uma concorrência e mostrarmos como somos superiores.
Na questão material, queremos acumular mais riquezas, para crescermos mais materialmente falamos, e as vezes não ajudamos a família, os irmãos, a igreja, com medo de que acabe não sendo suficiente para alcançarmos o nosso objetivo.
Mas neste texto a gente vê que Jesus nos ensina algo diferente
Havia apenas 5 pães e dois peixes, para mais de 15.000 pessoas,
Jesus podia ter feito uma pesquisa de quem morava ali perto e dispensado o que com certeza diminuiria a número de pães e peixes necessários, Jesus poderia mandar embora aqueles que estavam só, sem esposa e filhos, com certeza haveria mais uma redução, Jesus poderia limitar a ajuda aqueles que eram da fé e dispensar os que não eram, e muito mais sobraria, mas ELE não se importou em dividir o que tinha com a multidão
LUCAS 9:16- 16 E tomando Jesus os cinco pães e os dois peixes, e olhando para o céu, os abençoou e partiu, e os entregava aos seus discípulos para os porem diante da multidão.
Jesus estava ensinando o princípio da liberalidade, de repartir com aquele que necessita, ser generoso, pois aquele que assim o faz prospera em tudo.
PROVERBIOS 22:9- 9 Quem vê com olhos bondosos será abençoado; porque dá do seu pão ao pobre.
PROVERBIOS 11:24- 24 Um dá liberalmente, e se torna mais rico; outro retém mais do que é justo, e se empobrece.
Generosidade é uma característica daquele que encontrou verdadeiramente a Deus, e é uma orientação da Palavra, que cada um de nós possa ajudar as pessoas ao nosso redor.
I JOÃO 3:17-18- 17 Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitando, lhe fechar o seu coração, como permanece nele o amor de Deus?
18 Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obras e em verdade.
Seja generoso, não retenha ajuda a quem precisar e o SENHOR te enriquecerá
LUCAS 6:38- 38 Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos deitarão no regaço; porque com a mesma medida com que medis, vos medirão a vós.
E aqui vai também a orientação de honrar a Deus com suas rendas, espalhada em vários textos da Palavra de Deus como
PROVERBIOS 3:9- 9 Honra ao Senhor com os teus bens, e com as primícias de toda a tua renda;
MALAQUIAS 3:10- 10 Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança.
MATEUS 23:23- 23 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.
Tem muita gente que valoriza a vida, as ideias, a história do grande reformador Martinho Lutero, o que é muito justo, só que na hora da generosidade não aplica a visão do grande reformador que em um de seus sermões escreveu: ““Segurei muitas coisas com as mãos e perdi todas elas. Mas ainda possuo tudo que depositei nas mãos de Deus!”.
V- SE VOCE DESEJA A MULTIPLICAÇÃO, NUNCA DESPERDICE O QUE DEUS TE DÁ
Jesus percebeu que havia fome para mais de 15.000 pessoas, organizou as pessoas para que pudessem não apenas receber o alimento físico (os pães e os peixes) mas principalmente os ensinos que esta passagem revelou e um destes ensinos é que devemos cuidar muito bem e usar muito bem aquilo que recebemos de Deus.
Veja que ao alimentar as pessoas, e com certeza muitos deles pegaram um   visão de Deus, mandava recolher e guardar para poder mais adiante abençoar alguém.
JOÃO 6: 12 E quando estavam saciados, disse aos seus discípulos: Recolhei os pedaços que sobejaram, para que nada se perca.
MATEUS 14:20- 20 Todos comeram e se fartaram; e dos pedaços que sobejaram levantaram doze cestos cheios.
MARCOS 6:42- 42 E todos comeram e se fartaram.
43 Em seguida, recolheram doze cestos cheios dos pedaços de pão e de peixe.
O desperdício é uma afronta ao Deus provedor:
Há muito desperdício de dinheiro, de tempo, oportunidades, de talentos, etc. todo tipo de desperdício é uma afronta ao Deus provedor que tudo nos dá para nosso bem-estar e para um fim proveitoso.
CONCLUSÃO:
Irmãos a vida abundante é uma promessa para eu e você vivermos, mas ela requer de nós a obediência aos princípios que aprendemos aqui nesta noite:
1.    Organize a sua vida sempre debaixo da Palavra de Deus;
2.    Aprenda a abençoar a tudo e a todos ao seu redor;
3.    Não retenha, seja generoso;
4.    Valorize tudo o que Deus te dá, não desperdice
Com estas atitudes Deus sempre te dará multiplicação de toda as coisas










Nenhum comentário: