segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

COMO RETRIBUIR TUDO O QUE DEUS TEM FEITO DIARIAMENTE EM MINHA VIDA




I-INTRODUÇÃO

SALMOS 116::: 11-19 Eu dizia na minha precipitação: Todos os homens são mentirosos.
12 Que darei eu ao Senhor por todos os benefícios que me tem feito?
13 Tomarei o cálice da salvação, e invocarei o nome do Senhor.
14 Pagarei os meus votos ao Senhor, na presença de todo o seu povo.
15 Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos.
16 Ó Senhor, deveras sou teu servo; sou teu servo, filho da tua serva; soltaste as minhas cadeias.
17 Oferecer-te-ei sacrifícios de ação de graças, e invocarei o nome do Senhor.
18 Pagarei os meus votos ao Senhor, na presença de todo o seu povo,
19 nos átrios da casa do Senhor, no meio de ti, ó Jerusalém! Louvai ao Senhor.

Vivemos um tempo de constantes preocupações, sejam elas familiares, sociais, econômicas, financeiras, e vivemos pensando nisso quase que a totalidade de nossos dias.

Clamamos a Deus pela fé, que nos ajude a sair de cada uma destas situações e Deus tem operado na vida das pessoas, algumas já saíram tiveram sua situação resolvida, outras caminham para isso.

Creio que cada um de nós aqui, com algum tempo de vida na fé, pode declarar que o SENHOR tem feito muita coisa por nós, tem trazido muitos benefícios a nossa vida, amém?

Mas a pergunta é qual tem sido a reação que temos diante de tantos benefícios?

E esta a declaração que em determinado momento se vê o salmista se questionando:

SALMOS 116:12-12 Que darei eu ao Senhor por todos os benefícios que me tem feito?

Irmãos o que precisamos entender é que esta deve ser a preocupação que cada um de nós deve ter, neste ano que se inicia, não apenas pedir, não apenas questionar os fatos pelos quais passamos, mas o que fazer por tanto que Jesus já fez por nós.

Você poderia descrever algum beneficio  que Jesus já te trouxe?

Voce pode falar em voz alta, pois isto é um meio de adoração e louvor

O salmista expõe alguns dos benefícios do SENHOR em sua vida:

II- O SENHOR OUVE A NOSSA ORAÇÃO

SALMOS 116:1- 1 Amo ao Senhor, porque ele ouve a minha voz e a minha súplica.

Irmãos quando dirigimos a nossa voz a Deus, o Eterno, o sustentador de todo o universo tem numa única prioridade nos ouvir, ELE ouve cada uma de suas Palavras.

Não há uma oração que seja vã, inútil, desprezada, primeiro pelo seu amor e segundo porque foi a forma que ele estabeleceu para cuidar de nós.

FILI´PENSES 4:6 -6 Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças;

O Estranho é que muitos cristãos não oram, não tem a prática de uma vida de oração, não organizam seu tempo para orar, esquecendo que este é o meio de estarmos falando como pai e a forma de conseguir nossas respostas e bençãos.

III- O SENHOR AO NOS OUVIR, TAMBÉM NOS SOCORRE

SALMOS 116:2,8- 2 Porque inclina para mim o seu ouvido, invocá-lo-ei enquanto viver.
8 Pois livraste a minha alma da morte, os meus olhos das lágrimas, e os meus pés de tropeçar.

Muito mais que ouvir,o SENHOR vem em nosso socorro, trazendo orientação, livramento e proteção.

Veja que o SENHOR cuida da nossa vida espiritual “livraste minha alma da morte”, alma como centro da vida espiritual, do ser humano como um todo, o SENHOR mostra  aqui que ele orienta sobre os cuidados que devemos ter com a nossa vida espiritual.

Em seguida o salmista fala de um livramento da dor e tristeza, em virtude das dificuldades, quando diz: “livraste os meus olhos das lagrimas”.

E continua nos mostrando que ELE nos orienta sobre os passos a tomar: “livraste os meus pés de tropeçar”, orientando nosso caminhar.

Irmãos vocês já imaginaram quantas situações de erro, de dor, de tristeza, que nos causam tanto mal, quantas decisões erradas,  somos livres porque oramos, porque temos uma vida de oração?

Agora pense no inverso, o quanto pessoas tem sofrido, distanciado da benção, da alegria porque não oram?

A Palavra de Deus nos orienta a sermos perseverantes na oração, isto é, orarmos sem esmorecer, sem cansar e sem retroceder.

ROMANOS 12: 12 alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;

Irmãos parar de orar é mais fácil do que imaginamos, pois o mundo oferece muitas opções para isso e nós acabamos aceitando estas opções e saímos da prática de oração, as vezes sem mesmo se dar conta disso.

Exemplo: Não precisa me responder, mas pergunte e responda ao seu interior: “Como foi a minha vida de oração nesta semana”.

POR QUE AS PESSOAS DEIXAM DE ORAR?


a)    As pessoas deixam de orar porque para elas a oração consiste em receber aquilo que pediram e quando os resultados são alcançados, entendem que não ha mais a necessidade de orar.


b)    Boa parte deixa de orar porque aos poucos, começam dar prioridade, ocupar seu tempo com outras atividades e não conseguem tempo para orar.


c)    Outras pessoas param de orar porque falharam de alguma forma e achavam que não eram dignas de falar com Deus


Todas estas causas são um engano, fruto de uma visão errada do nosso relacionamento com Deus e precisam ser consertadas, devemos organizar a nossa vida de oração, porque, Deus permanece desejando ouvir nossa voz e quando nós nos achegamos a ele em oração ELE ouve e se aproxima.

TIAGO 4: 8 Chegai-vos para Deus, e ele se chegará para vós...

ISAIAS 59:1- 1 Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir;

IV- O SENHOR QUEBRA TODOS OS LAÇOS DO DIABO QUE TENTAM NOS PARALISAR

SALMOS 116:16- 16 Ó Senhor, deveras sou teu servo; sou teu servo, filho da tua serva; soltaste as minhas cadeias.

Amado nosso inimigo não para de nos rodear, tentando destruir os planos de Deus a nosso respeito.

Em Jó percebemos isso ao se apresentar diante de Deus o diabo declara o que vive fazendo, por duas vezes.

JÓ 1: 6-7- Ora, chegado o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles.
7 O Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela.

Este fato se repete um pouco mais adiante

JÓ 2: 1-2-1 Chegou outra vez o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor; e veio também Satanás entre eles apresentar-se perante o Senhor.
2 Então o Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? Respondeu Satanás ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela.

No novo testamento temos também este alerta, por parte do Apostolo Pedro

I PEDRO 5:8- 8 Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar;

Paulo orienta a Timóteo a mostrar aos que se afastam da doutrina de Cristo o perigo destes laços

II TIMOTEO 2:26 e que se desprendam dos laços do Diabo (por quem haviam sido presos), para cumprirem a vontade de Deus.

O objetivo dos laços é prender, imobilizar, amarrar as pessoas, o diabo procura isso lançando dados sobre as emoções impedindo o perdão, desenvolvendo a amargura.

Procura colocar laços na vida profissional, financeira, impedindo a prosperidade, quando se move nesta área sem obedecer os princípios bíblicos de aliança, de sociedade, de ser ofertante dizimista.

Tenta colocar laços na vida cristã levando o servo de Deus a não cumprirem a vontade de Deus. Deus orienta, ensina, revela e a pessoa não faz.

Como diz o texto de II Timóteo 2:26, que lemos acima, somos nós que temos que nos desprender destes laços, aplicando a verdade da Palavra a nossa vida, aí os laços são quebrados pelo poder de Deus e sua Palavra.

Você percebeu quantos benefícios o SENHOR diariamente nos abençoa?

Como retribuir a tudo isto?

O autor do Salmos 116 nos mostra a atitude que devemos ter em todo tempo, e principalmente agora que o ano esta começando.


a)    UMA VIDA CONSTANTE NA PRESENÇA DE DEUS


SALMOS 116:2- 2 Porque inclina para mim o seu ouvido, invocá-lo-ei enquanto viver.

Invoca-lo enquanto eu viver significa que nos dias de tribulação e angustia ele estaria na presença de Deus pedindo força, sabedoria, alivio desta situação, mas também no dia da prosperidade em ações de graça pelos favores recebidos.

A vida de oração e adoração é constante, várias vezes por dia


b)   UMA VIDA DE RETIDÃO

SALMOS 116:9- 9 Andarei perante o Senhor, na terra dos viventes.

A Palavra mostra que sua vida seria sempre em direção a Deus, sempre progredindo em direção ao SENHOR.


c)    UMA VIDA DE SACRIFICIOS DE LOUVOR


SALMOS 116:13 Tomarei o cálice da salvação, e invocarei o nome do Senhor.
17 Oferecer-te-ei sacrifícios de ação de graças, e invocarei o nome do Senhor.

Tomar o cálice da salvação, era uma oferta de sacrificios a Deus, era quando diante de uma oferta se despejava vinho sobre a oferta, mostrando estar disposta a sacrificar a Deus.Significa estar disposto a sofrer ou suportar qualquer coisa por amor a Deus.


d)   UMA VIDA DE OBEDIÊNCIA AO SENHOR


SALMOS 116: 14,18 - 14 Pagarei os meus votos ao Senhor, na presença de todo o seu povo.
18 Pagarei os meus votos ao Senhor, na presença de todo o seu povo,

Uma vida em que o prometida, aquilo que se declarava de boca, se justificava nos atos, uma adoração aonde a fé era obedecida, não apenas declarada.

Conclusão
Estas atitudes apresentadas revelam o verdadeiro cristão, o verdadeiro adorador, que reconhece quantos benefícios o SENHOR nos faz, sem que muitas vezes percebamos e nos leva a uma atitude de retribuir em adoração, em atitudes em vida pratica.
Nunca se esqueça de ser grato a Deus e agir com atitudes práticas demonstrando esta gratidão

Nenhum comentário: