quarta-feira, 23 de novembro de 2016

É PRECISO ATITUDE PARA COLHER

INTRODUÇÃO

ECLESIASTES 11:1-6-1 Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.
2 Reparte com sete, e ainda até com oito; porque não sabes que mal haverá sobre a terra.
3 Estando as nuvens cheias de chuva, derramam-na sobre a terra. Caindo a árvore para o sul, ou para o norte, no lugar em que a árvore cair, ali ficará.
4 Quem observa o vento, não semeará, e o que atenta para as nuvens não segará.
5 Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da que está grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.
6 Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retenhas a tua mão; pois tu não sabes qual das duas prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas serão, igualmente boas.

Amados diante de tanta dificuldade nos últimos tempos no Brasil, na vida das pessoas, das empresas, de pessoas de dentro e fora da Igreja, estava meditando como ficaria a situação dos servos de Deus diante deste quadro.

Ao pensar sobre isso saltou imediatamente a minha memória, pelo Espirito Santo, a promessa de Deus de jamais nos deixar desamparados.

SALMOS 37:25-25 Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência a mendigar o pão.

Mas também veio a mim o texto que acabamos de ler, e eu tenho certeza que esta mensagem é resposta de oração, para muitos do que estão aqui nesta noite, por isso quero meditar com você nestes versículos do livro de Eclesiastes.

Vamos compreender um pouco o livro de Eclesiastes.

Estes escritos fazem parte dos livros poéticos e de sabedoria do Antigo Testamento, tanto da Bíblia cristã, quanto da judaica. Seu nome tem sido traduzido para o português como “pregador” e faz parte dos escritos atribuídos tradicionalmente ao Rei Salomão.

Quando foi escrito Salomão vivia num tempo de exploração interna e externa, que não deixava esperanças de futuro melhor para o povo. 

A partir desta situação sem nenhuma esperança de melhora, Salomão faz um balanço sobre a condição humana, mas sempre buscando uma perspectiva de vitória pela fé, nas promessas.

Ao fazer isso Salomão descobre algumas coisas importantes que eu queria meditar com você agora.

II – O PREGADOR DEIXA CLARO QUE TODA A BENÇÃO PROMETIDA POR DEUS SERÁ CUMPRIDA

ECLESIASTES 11:1-1 Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.

Um texto poético mas que se percebe uma clara exortação a cada um de nós, para não nos deixar paralisar pelas dificuldades da vida, pelas circunstâncias, pelas tragédias que podem chegar até nós.

É uma exortação a não ficar paralisado, mas dar passos na vida, no sentido de buscar os nossos objetivos, sabendo que fazendo isso o SENHOR nos abençoará, fara concretizar em nós os seus propósitos, mesmo que leve um tempo.

Veja que o texto inspirado pelo Espirito Santo diz: “Lança teu pão sobre as águas, pois depois de muitos dias o acharás”

Revelando que em meio a tempos difíceis, passados muitos dias da sua atitude caminhar para o que você deseja, não devemos desanimar, porque nos acharemos aquilo que desejamos, que buscamos.

Irmãos querido, esta Palavra é para você que durante dias tem pensado em parar, em desistir, em se largar e ser tragado por esta situação.

Para você que tem até pedido a morte, pois não vê saída.

A Palavra profética para você é: NÃO SE ENTREGUE, NÃO DESISTA, porque você achara aquilo que semeou, que lançou pela fé.

Aprendemos que mesmo quando não parece possível que a gente colha, no meio da crise, temos que ser audaciosos e lançar nosso pão sobre as aguas.

O contexto desta passagem é entendido, quando a gente busca nos livros originais o significado das Palavras. A Palavra aqui traduzida como pão, no original significa grão, ou semente.

Era uma alusão a atitude que os Egípcios tinham sempre que o rio Nilo transbordava.
Ao transbordar o rio eles jogavam sementes na água, pois sabia que a enchente do Nilo tornava a terra cheia de húmus, fértil em abundância e eles esperavam no futuro colher.

Eles não tinham certeza visual que a semente tinha caído em condições de germinar, mas faziam isso, pois sabiam que a terra se tornaria bastante fértil.

Amado o SENHOR ESTÁ NOS MOSTRANDO que mesmo diante das crises, das situações difíceis devemos semear, sem ver o resultado no momento, mas na esperança de que sua fé é terra fértil para que você colha mais adiante.

Tem muita gente paralisada pelas situações e circunstâncias, semeie a tua semente e tu serás abençoado.

Está precisando de emprego, semeie curriculum e quando te chamarem vá, porque é benção para sua vida;

Teu negócio não vai tão bem quanto você esperava, lance outra semente, arrume outra maneira de você receber o seu dinheiro, para depois voltar com capital para investir no teu negócio.

Está precisando de paz, comece a parar de tratar as coisas a sua maneira entregue nas mãos do SENHOR, semeie paz e você vai colher paz;

Está precisando de uma melhoria financeira, semeie na obra de Deus em ofertas, que são atos de fé, o dizimo você entrega por fidelidade a oferta é uma semente que você semeia pela fé.

Não fique paralisado, lance seu pão sobre as águas, o pão é Jesus e Jesus e a Palavra, o logos

JOÃO 6:35-35 Declarou-lhes Jesus. Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim, de modo algum terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede. ´
JOÃO 1:1-1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

III-O PREGADOR MOSTRA QUE NOS COLOCAMOS EM UMA SITUAÇÃO DE DESESPERO E DESANIMO, PORQUE ESTAMOS OLHANDO PARA O LUGAR ERRADO

ECLESIASTES 11:4- 4 Quem observa o vento, não semeará, e o que atenta para as nuvens não segará.

Veja que o pregador estava mostrando o olhar errado, que não produzia fruto de certos agricultores.

Ele fala de gente que olha para o vento do momento e pensa que não é possível a semente germinar.

Outro olha para as nuvens e percebe que a chuva que está por vir ou a seca que prenuncia não fará a lavoura prosperar. 

Lembra dos egípcios, que lançavam as sementes na cheia do rio Nilo, eles não podiam ver se a semente cairia no lugar apropriado, se fixaria na terra, já que o solo estava inundado pelas águas, não sabiam se a semente conseguiria ser fixada na terra e não ser levada pela corrente de agua, mas mesmo assim, lançavam na esperança da fertilidade da terra e que colheriam no futuro.

Nós temos que parar de olhar para as circunstâncias e lançar na esperança de que o SENHOR é aquele que fara prosperar o meu trabalho e não as nuvens ou os ventos, ou os amigos, parentes, etc.

Quando se olha para as nuvens e ventos estamos exercendo o nosso conhecimento humano, e não agindo pela promessa, na esperança

Esta atitude o pregador revela que não haverá resultado, não se colherá coisa alguma.

ECLESIASTES 11:4- 4 Quem observa o vento, não semeará, e o que atenta para as nuvens não segará.

Olhar para as circunstâncias é não ter fé, quando diante das situações contrárias, dos piores cenários, ou qualquer outra coisa você não tem fé, porque fé não se baseia no que você vê, mas na Palavra de Deus a teu respeito

SALMOS 42:5- 5 Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação que há na sua presença.

O SENHOR diz que em nenhum momento você ficara desamparado

SALMOS 37: 18-19 - O Senhor conhece os dias dos íntegros, e a herança deles permanecerá para sempre.
19 Não serão envergonhados no dia do mal, e nos dias da fome se fartarão.

Veja que a Palavra nos orienta a no meio das perseguições, lutas e tempos difíceis de escassez

I PEDRO 1: 6-7- na qual exultais, ainda que agora por um pouco de tempo, sendo necessário, estejais contristados por várias provações,
7 para que a prova da vossa fé, mais preciosa do que o ouro que perece, embora provado pelo fogo, redunde para louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo;

A prova de sua fé em meio a essas coisas, vai promover honra e louvor de Jesus Cristo sobre você.

Espere porque o relógio de Deus é diferente do nosso, a qualquer momento o que está acontecendo muda

SALMOS 90:4- 4 Porque mil anos aos teus olhos são como o dia de ontem que passou, e como uma vigília da noite.

O nosso papel é orar e nunca amolecer, desistir (Parábola do juiz iniquo)

LUCAS 18:1- 1 Contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer.

Tem gente que parou de semear porque estava demorando para colher, a ordem é não parar, não esmorecer, não desistir, porque você vai encontrar o seu pão nem que seja depois de muitos dias.

SALMOS 40:1-2- 1 Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor.
2 Também me tirou duma cova de destruição, dum charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos.

A prática da espera é a arte de aguardar tranquilamente a hora de Deus, sem deixar de fazer o que é de nossa competência e sem fazer o que é da competência de Deus, deixando de lado toda impaciência e todo esmorecimento.

IV- VOCE E EU PRECISAMOS TER UM PROPOSITO NA VIDA

ECLESIASTES 11: 1 Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.

Veja que a Palavra manda lançar, ou seja manda você tomar uma atitude, tem gente que vive à espera de algo motivacional para tomar uma atitude, espera uma Palavra profética, um sonho, uma visão, enquanto a Palavra nos ordena a tomar a atitude, não esperar nada, mas pela fé, tomar a atitude.

O que deve nos impulsiona sempre é a fé, a certeza que vamos colher, por isso você lança a semente, não há necessidade de nenhum outro motivo.

O grande problema do homem, é que ele retém, não planta, por vários motivos, por isso não colhe, ele tem medo de perder.

Veja que o pregador manda semear de manhã e de tarde, sem medo.

ECLESIASTES 11:6- 6 Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retenhas a tua mão; pois tu não sabes qual das duas prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas serão, igualmente boas.

Porque isso?

Porque não compreendemos os caminhos de Deus, a direção do Senhor. Nem sempre a direção que parece lógica e certa é a direção de Deus.

Devemos fazer em obediência, num ato de fé, o resto é com Deus, quando queremos entender aquilo que não é para entender não colhemos

ECLESIASTES 11:4- 4 Quem observa o vento, não semeará, e o que atenta para as nuvens não segará.

Conclusão

Não olhe para as circunstâncias, pelo contrário nos momentos de crise acredite, semeie, pela fé, escute as orientações de Deus, não se prostre, não se encolha, continue com fé que você vai colher.
Você tem que tomar atitude e tem que começar agora
O tempo de Deus é diferente de nosso tempo, a qualquer momento as coisas vão mudar.

Nenhum comentário: