segunda-feira, 5 de setembro de 2016

PODER DO ESPÍRITO SANTO DISPENSADO, BENÇÃO DESCARTADA



INTRODUÇÃO

Mateus 9:1-8 - 1 E entrando Jesus num barco, passou para o outro lado, e chegou à sua própria cidade.

2 E eis que lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Jesus, pois, vendo-lhes a fé, disse ao paralítico: Tem ânimo, filho; perdoados são os teus pecados.

3 E alguns dos escribas disseram consigo: Este homem blasfema.

4 Mas Jesus, conhecendo-lhes os pensamentos, disse: Por que pensais o mal em vossos corações?

5 Pois qual é mais fácil? dizer: Perdoados são os teus pecados, ou dizer: Levanta-te e anda?

6 Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados (disse então ao paralítico): Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa.

7 E este, levantando-se, foi para sua casa.

8 E as multidões, vendo isso, temeram, e glorificaram a Deus, que dera tal autoridade aos homens.

Jesus se dirige a sua casa, logo após curar o endemoninhado Gadareno.  A sua casa mais comum ficava na cidade de Cafarnaum, neste lugar apesar de ter sido realizada uma grande maravilha, a cidade não o recebe bem.
Vamos meditar um pouco e ver o que aprendemos nesta passagem.
II- QUANDO NÃO SE VIVE NA DIMNSÃO DO SOBRENATURAL AS BENÇÃOS SÃO DESCARTADA
No Evangelho de Marcos capitulo 5, mostra que Jesus acabara de chegar a cidade de Gadara, nesta cidade havia um homem endemoninhado, que atormentava a cidade e ninguém naquela cidade, do mais simples ao líder espiritual conseguia conte-lo.
MARCOS 5: 3-5-3 o qual tinha a sua morada nos sepulcros; e nem ainda com cadeias podia alguém prendê-lo;
4 porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas; e ninguém o podia domar;
5 e sempre, de dia e de noite, andava pelos sepulcros e pelos montes, gritando, e ferindo-se com pedras,
Jesus chega e imediatamente quando se depara com este homem, o liberta expulsando deste homem uma legião (+5.000) de demônios, o resultado foi tão grande que o homem rogava a Jesus, que o permitisse segui-lo por todo o canto.
MARCOS 5:18 E, entrando ele no barco, rogava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com ele.
Alguns moradores da cidade ao verem essa maravilha, este poder, correram para a cidade e contaram aquilo que estava acontecendo, aos líderes que vieram até Jesus e pediram que ele fosse embora de seus territórios.
MATEUS 8:34 - 34 E eis que toda a cidade saiu ao encontro de Jesus; e vendo-o, rogaram-lhe que se retirasse dos seus termos.
O que aconteceu aqui, é que a cidade não quis usufruir do poder sobrenatural da Palavra de Deus, pediu para que Jesus se afastasse deles.
Hoje isto acontece da mesma maneira, quando cada um de nós individualmente e também a igreja não entendem o agir de Deus, o reino de Deus o poder de Deus, por isso não se submete, não assume para si e portanto por não querer viver neste poder de Deus, estamos descartando a nossa benção, as nossas vitorias, o experimentar de grandes maravilhas.
O que faz a gente incorrer nesta rejeição:
Algumas coisas podem nos levar a não usufruir do poder sobrenatural de Deus em nossa vida:
Primeiro o desconhecimento deste poder, muitas pessoas tem medo de se envolver com este poder, porque temem perder o controle de sua vida, estando sujeito a uma ação, contrária a seu desejo, e portanto não querem participar.
Veja que isto é provado quando ao ver as manifestações de Deus, os presentes fogem da presença.
Mateus 8:33-33 Os pastores fugiram e, chegando à cidade, divulgaram todas estas coisas, e o que acontecera aos endemoninhados.
É preciso ficar claro, que o Espirito Santo, jamais fara coisa alguma, sem primeiro avisar a cada um e em segundo respeitar o livre arbítrio de cada um, não se trata de uma possessão, como acontece em algumas religiões, mas sim de uma capacitação, em que não se perde a direção da sua vida.
AMÓS 3:7- 7 Certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.
As revelações de Deus, são para o nosso benefício e nos tornam sábios
LUCAS 8:10- 10 Respondeu ele: A vós é dado conhecer os mistérios do reino de Deus; mas aos outros se fala por parábolas; para que vendo, não vejam, e ouvindo, não entendam.
A segunda coisa é que as vezes queremos continuar como estamos por benefícios materiais
O Espirito Santo entre outras coisas é o espirito revelador, que traz à tona tudo quanto está errado, para ser consertado, podendo afetar muitas áreas de nossa vida, por exemplo: o trabalho, as posses, as atitudes que tomamos como regra de vida.
Veja que os porqueiros e a cidade, ao perceberem que Jesus ali agindo, poderia diminuir a sua renda, estavam preocupadas com os impactos financeiros que sua presença ia trazer, no caso dos porqueiros, perderam alguns porcos, mas os que tinham negócios escusos?
Aqueles que participavam de manobras em que a Palavra de Deus não aprova, achando que não há problema.

A terceira coisa é a comodidade: pessoas eu não querem se envolver com o Espírito e sua obra, porque sabem que haverá uma grande mudança, uma grande movimentação, o vento do Espirito soprando, muda situações, levanta outras etc.
Basicamente isso ocorre em nossos dias, o SENHOR oferece várias manifestações de sua unção, mas aos invés de tomar posse, ficamos receosos em lidar com ela e não a aceitamos em nossa vida, dispensando muitas das bênçãos.
Isto porque a Palavra de Deus diz que o jugo, é retirado por causa da unção.
ISAIAS 10:27-27 E naquele dia a sua carga será tirada do teu ombro, e o seu jugo do teu pescoço; e o jugo será quebrado por causa da gordura.
III- O PODER DA INTERCESSÃO NÃ EXCLUI O LIVRE ARBITRIO DA PESSOA.
MATEUS 9:2-2 E eis que lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Jesus, pois, vendo-lhes a fé, disse ao paralítico: Tem ânimo, filho; perdoados são os teus pecados.
Quando você intercede pelos outros, o senhor se move para mudar a situação, como podemos ver nesta passagem o que moveu a Jesus em primeiro lugar, foi a atitude dos amigos do paralítico, que decidiram leva-lo deitado em uma cama, até Jesus.
A Palavra mostra é que quando Jesus viu a fé pratica deles, ou seja a ação de fé, que acreditou, e fez, fez com que o SENHOR foi na direção do paralítico para agir.
Mas Jesus proporcionou ao paralítico uma oportunidade por causa da intercessão deles, porém respeitou o livre arbítrio, tanto que Jesus se moveu pela intercessão, mas deixou a cargo do paralítico a sua graça, quando diz ao paralítico que seus pecados estavam perdoados, e em seguida disse:
“Levanta e anda e o paralítico tomou a decisão de levantar.”
O Paralítico podia rejeitar isso, mas aceitou, porque estamos falando a respeito disso, sua intercessão serve para mover a Jesus sobre a situação, e serve também para quebrantar o coração da pessoa para a qual estamos intercedendo, para que ela aceite o mover de Deus.
Mas o que proporcionou esse momento de fé para o paralítico, foi a intercessão de seus amigos.
Irmãos sua intercessão é fundamental para Jesus agir.
IV- HÁ DOENÇAS FISICAS CAUSADAS PELO PECADO
MATEUS 9:2 –2 E eis que lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Jesus, pois, vendo-lhes a fé, disse ao paralítico: Tem ânimo, filho; perdoados são os teus pecados.
Quando o Senhor movido pela fé dos amigos daquele paralitico vai até ELE, sabia que a expectativa de todos era pela cura, mas impressiona o que o SENHOR diz aquele homem:
“Filho tem bom ânimo, seus pecados foram perdoados”, mostrando que aquela paralisia física, era decorrente de uma vida de pecado.
Há Bíblia revela que há doenças causas diretamente pelo pecado
Salmos 38: 3 Não há coisa sã na minha carne, por causa da tua cólera; nem há saúde nos meus ossos, por causa do meu pecado.
Muitas pessoas querem culpar a Deus, perguntando porque o SENHOR permite que algumas pessoas sofram com as doenças, mas é preciso entender que muitas vezes somos os culpados por isso:
Primeiro quando quebramos as regras de saúde, não nos cuidamos, não nos tratamos.
Segundo quando DECIDIMOS VIVER NO PECADO, desobedecendo a sua lei e transgredimos a sua lei, veja o que Davi fala
SALMOS 38: 4 Pois já as minhas iniquidades submergem a minha cabeça; como carga pesada excedem as minhas forças.
5 As minhas chagas se tornam fétidas e purulentas, por causa da minha loucura.
6 Estou encurvado, estou muito abatido, ando lamentando o dia todo.
7 Pois os meus lombos estão cheios de ardor, e não há coisa sã na minha carne.
A verdade que o pecado faz mal à saúde está escrito em
Provérbios 4:20-22- “Filho meu, atenta para as minhas palavras; aos meus ensinamentos inclina os ouvidos. Não os deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-os no mais íntimo do teu coração. Porque são vida para quem os acha e saúde, para o seu corpo.”.
Portanto não apenas pelo lado espiritual, mas no lado físico o pecado faz mal a saúde.

V- NÃO ADIANTAM AS PALAVRAS, POIS JESUS CONHECE AS INTENÇÕES DO CORAÇÃO
MATEUS 9:4-4 Mas Jesus, conhecendo-lhes os pensamentos, disse: Por que pensais o mal em vossos corações?
Quando Jesus ministrou sobre o paralitico, perdoando seus pecados, os fariseus e escribas, entre si, de maneira dissimulada, contestaram isso, dizendo que Jesus blasfemava.
Diz a Palavra que o Espirito Santo revelou a Jesus a intenção do coração daqueles homens, e Jesus os repreendeu.
MATEUS 9:5-5 Pois qual é mais fácil? dizer: Perdoados são os teus pecados, ou dizer: Levanta-te e anda?
Irmãos o que este texto nos mostra, que se queremos nos livrar do pecado e de algumas doenças impostas pelo pecado, devemos librar em nosso interior odo o mal, todo o pecado, pois o SENHOR conhece as intenções de nosso coração.
Será que não é por isso que algumas vitórias, algumas bênçãos, algumas curas não se apresentam em nossa vida, porque ainda estamos em pecado?
É bom permitir ao Espirito que nos sonde e nos guie.
Salmos 139: 23 Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos;
24 vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno.

VI- CONCLUSÃO
Irmãos aprendemos aqui coisas importantíssimas:
Deixando de viver na dependência do Espirito Santo, estamos dispensando as nossas bênçãos, cuidado.
Quando JESUS vê uma intercessão prática, se move para nos abençoar
Apesar da intercessão é necessário que aquele pelo qual intercedemos aceite
Há doenças físicas causadas pelo pecado, cuidado, conserte
Jesus conhece as intenções do coração.

Nenhum comentário: