segunda-feira, 18 de abril de 2016

O Risco que o crente corre ao se ajuntar com a incredulidade


I Reis 22:1-12
1 Passaram-se três anos sem haver guerra entre a Síria e Israel.

2 No terceiro ano, porém, desceu Jeosafá, rei de Judá, a ter com o rei de Israel.

3 E o rei de Israel disse aos seus servos: Não sabeis vós que Ramote-Gileade é nossa, e nós estamos quietos, sem a tomar da mão do rei da Síria?

4 Então perguntou a Jeosafá: Irás tu comigo à peleja, a Ramote-Gileade? Respondeu Jeosafá ao rei de Israel: Como tu és sou eu, o meu povo como o teu povo, e os meus cavalos como os teus cavalos.

5 Disse mais Jeosafá ao rei de Israel: Rogo-te, porém, que primeiro consultes a palavra do Senhor.

6 Então o rei de Israel ajuntou os profetas, cerca de quatrocentos homens, e perguntou-lhes: Irei à peleja contra Ramote-Gileade, ou deixarei de ir? Responderam eles: Sobe, porque o Senhor a entregará nas mãos do rei.

7 Disse, porém, Jeosafá: Não há aqui ainda algum profeta do Senhor, ao qual possamos consultar?

8 Então disse o rei de Israel a Jeosafá: Ainda há um homem por quem podemos consultar ao Senhor-Micaías, filho de Inlá; porém eu o odeio, porque nunca profetiza o bem a meu respeito, mas somente o mal. Ao que disse Jeosafá: Não fale o rei assim.

9 Então o rei de Israel chamou um eunuco, e disse: Traze-me depressa Micaías, filho de Inlá.

10 Ora, o rei de Israel e Jeosafá, rei de Judá, vestidos de seus trajes reais, estavam assentados cada um no seu trono, na praça à entrada da porta de Samária; e todos os profetas profetizavam diante deles.

11 E Zedequias, filho de Quenaaná, fez para si uns chifres de ferro, e disse: Assim diz o Senhor: Com estes ferirás os sírios, até que sejam consumidos.

12 Do mesmo modo também profetizavam todos os profetas, dizendo: Sobe a Ramote-Gileade, e serás bem sucedido; porque o Senhor a entregará nas mãos do rei.

O texto nos leva até o reinado de Acabe rei de Israel, que era um homem com um passado cheio de naus caminhos diante de Deus, porém em um momento próximo a estes acontecimentos, Acabe fora severamente repreendido por Deus, por ter permitido que sua mulher Jezabel, matasse a Nabote, e Acabe sem o menor escrúpulo, não repreendeu sua mulher, apenas para ter a vinha de Nabote, que tanto desejava.
I REIS 21:15-16 -15 Ora, ouvindo Jezabel que Nabote fora apedrejado e morrera, disse a Acabe: Levanta-te e toma posse da vinha de Nabote, e jizreelita, a qual ele recusou dar-te por dinheiro; porque Nabote já não vive, mas é morto.
16 Quando Acabe ouviu que Nabote já era morto, levantou-se para descer à vinha de Nabote, o jizreelita, a fim de tomar posse dela.
Veja que Acabe houve que Nabote estava morto e não tem a menor reação contraria aquele ato.
O Senhor então manda o profeta Elias até ele, para avisa-lo que iria morrer
I REIS 21:19-19 E falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o Senhor: Porventura não mataste e tomaste a herança? Falar-lhe-ás mais, dizendo: Assim diz o Senhor: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote, lamberão também o teu próprio sangue.
Quando Acabe escutou toda a destruição que viria sobre a sua casa. Com a condenação inclusive de sua mulher, diz a Palavra que ele se arrependeu.
I REIS 21:27-27 Sucedeu, pois, que Acabe, ouvindo estas palavras, rasgou as suas vestes, cobriu de saco a sua carne, e jejuou; e jazia em saco, e andava humildemente.
E o SENHOR então diz ao profeta que pouparia a vida de Acabe
I REIS 21:29-29 Não viste que Acabe se humilha perante mim? Por isso, porquanto se humilha perante mim, não trarei o mal enquanto ele viver, mas nos dias de seu filho trarei o mal sobre a sua casa.
Aqui muitos fazem uma confusão, achando que Deus ameaçava castigar a descendência de Acabe, porém na onisciência de Deus ELE sabia que o filho de Acabe iria trilhar o caminho do pai.
Havia a promessa que se os filhos realmente andassem diferentemente dos pecados dos pais eles seriam perdoados.(EZEQUIEL 18:14-17)-
Veja que o castigo não seria sobre o justo por herança, mas ao injusto pela onisciência de Deus.
Mas VAMOS VOLTAR A MEDITAÇÃO DESTA NOITE QUE TEM A VER COM O QUE ACONTECE DEPOIS DESTA MENSAGEM DO PROFETA ELIAS AO REI ACABE, e seu significado para nossos dias, principalmente porque coloca em risco a vida de um homem de Deus, chamado Jeosafá, rei de Judá.
Um bom rei, um homem temente a Deus, que quase perdeu sua vida, por não ter o devido cuidado com as companhias, com as ideias, com as lutas, com as sociedades que se meteu,
Assim como o risco que corremos na caminhada da fé, por nossas escolhas.

II- O QUE NOS GARANTE PAZ NA VIDA E PROTEÇÃO CONTRA O INIMIGO É A NOSSA ALIANÇA COM DEUS
I REIS 22:1- 1 Passaram-se três anos sem haver guerra entre a Síria e Israel

QUANDO O HOMEM ESTÁ EM ALIANÇA COM DEUS O SENHOR O PROTEGE DE SEUS INIMIGOS
Veja que a Palavra de Deus mostra que o reino de Israel, dirigido por Acabe, vivia um período de 3 anos de muita paz, principalmente com os sírios, que eram inimigos cruéis e muito mais poderosos numericamente.
O texto bíblico mostra que na primeira investida Bem Hadade subiu até Acabe com 32 reis e seus exércitos, e disse que iria tomar tudo de Acabe ouro, prata, mulheres, filhos etc.
Sua força era tanta que o próprio Acabe concorda em lhe dar tudo, menos os filhos e as esposas
I REIS 20:4- 4 Ao que respondeu o rei de Israel, dizendo: Conforme a tua palavra, ó rei meu senhor, sou teu, com tudo quanto tenho.

Porém o SENHOR descontente com a arrogância de Bem Hadade, diz a Acabe que iria lhe dar a vitória sobre este rei.
Isso se deve a duas coisas:

A primeira porque Deus não se deixa zombar e quando Bem Hadade disse que seus deuses poderiam castiga-lo se ele não destruísse Samaria.
Então deus dia a Acabe que lhe entregaria na mão em vitória a Bem Hadade, e o fez por duas vezes.
Por isso havia paz porque os inimigos sabiam que deus estava por trás daquele povo e não poderiam vencer
O segundo motivo da paz e o principal foi que após o enfrentamento entre Elias e os profetas de Jezabel, Acabe tinha sido tocado pelos fatos e se arrependido e resolveu seguir o caminho que o profeta Elias lhe indicara.
Irmãos quando nos arrependemos, nos humilhamos diante de Deus nossa vida é protegida por esta aliança que assumimos
O arrependimento é a base da nova aliança com Deus
Para que haja aliança é preciso haver: arrependimento de pecado.

A nova aliança DIATEKE (aliança em grego) = é diferente, é superior, pois DEUS me dá tudo o que preciso não exigindo nada em troca, a não ser arrependimento e fé.
 
Neste caso a gente percebe que no momento em que Acabe se arrependeu, a aliança com Deus foi renovada e portanto estava Acabe protegido contra seus inimigos.
 
Amado tá na luta, teu inimigo é poderoso, a pergunta é: Você está em fidelidade na Aliança?
 
Se está o SENHOR te dá paz e vitória
 
II- PORÉM ACABE ERA UM REI COM ALTOS E BAIXOS NA OBEDIENCIA E NA FÉ EM DEUS, E ISSO ACONTECIA POR ESTAR RODEADO DE PESSOAS DESCOMPROMETIDAS COM DEUS SEM SE IMPORTAR COM ISSO
 
Quando Jeosafá, REI DE JUDÁ, vai visitar a acabe, Acabe tem uma ideia a de reconquistar Ramote Gileade, uma cidade dada aos levitas, porém que estava em domínio dos Sírios e o rei queria tomá-la de volta, pois ela era uma fortaleza, que fazia fronteira com seu território e portanto militarmente importante para Israel.
I REIS 22:3 E o rei de Israel disse aos seus servos: Não sabeis vós que Ramote-Gileade é nossa, e nós estamos quietos, sem a tomar da mão do rei da Síria?
 
Veja irmão a importância com quem te rodeia, com quem te influência, quem te ensina, em todos os seus passos.
 
 
Tomar a cidade de Ramote Gileade era algo justo, moralmente correto, e importante militarmente importante para proteção do reino, mas um fato precisava ser levado em consideração, não havia nenhuma orientação de Deus para Acabe fazer isso.
 
Ele apenas decide, por ambições pessoais, ou seja, estava voltando a ser o mesmo Acabe de antes de sua humilhação, voltando as velhas ideias e modo de agir.
 
Mas desta vez estava com ele Jeosafá, que era homem de Deus, que disse que ajudaria a Acabe, mas com uma condição: “que fosse consultado ao SENHOR sobre esta ação”
 
I REIS 22:4-5 - 4 Então perguntou a Jeosafá: Irás tu comigo à peleja, a Ramote-Gileade? Respondeu Jeosafá ao rei de Israel: Como tu és sou eu, o meu povo como o teu povo, e os meus cavalos como os teus cavalos.
 
5 Disse mais Jeosafá ao rei de Israel: Rogo-te, porém, que primeiro consultes a palavra do Senhor.
 
Irmãos servo de Deus não faz nada por intenção do coração, nada sem consultar a Deus, a não ser aquilo que já é sabido (orar, não pecar, pregar a Palavra, não matar, etc.)
 
Acabe então fez isso juntou 400 profetas diante de Jeosafá e perguntou se deveria ir e se teria a vitória, e eles disseram
 
I REIS 22:6- 6 Então o rei de Israel ajuntou os profetas, cerca de quatrocentos homens, e perguntou-lhes: Irei à peleja contra Ramote-Gileade, ou deixarei de ir? Responderam eles: Sobe, porque o Senhor a entregará nas mãos do rei.
 
Veja que coisa interessante os 400 profetas afirmando a mesma coisa, “Responderam eles: Sobe, porque o Senhor a entregará nas mãos do rei.” Qualquer um servo de Deus menos atento teria aceitado a confirmação destes profetas, mas Jeosafá era um homem comprometido com Deus, alguém com quem Deus falava e faz uma pergunta a Acabe se não havia mais nenhum profeta
 
I REIS 22:7- 7 Disse, porém, Jeosafá: Não há aqui ainda algum profeta do Senhor, ao qual possamos consultar?
 
Porque será que Jeosafá não aceitou a Palavra de 400 pessoas?
 
Porque era evidente a falsidade daqueles profetas
 
E Acabe permitia e alimentava aquelas pessoas a sua volta.
 
Acabe de novo estava se envolvendo com pessoas sem compromisso com a Palavra De Deus, quebrando sua consagração, se expondo na fé, porque não se cercava de pessoas com os mesmos valores.
 
Qual o problema de nosso tempo, no meio da igreja?
 
Temos nos cercado de pessoas que não tem compromisso com Deus, mas são bons amigos, tem um bom papo, tem até os mesmos gostos e afinidades e estes tem se tornados íntimos de pessoas, conselheiro de pessoas, aqueles que ditam o modo de vida, o tamanho da consagração de ministério e na realidade estamos sendo colocados em perigo na caminhada porque não atentamos para isso.
 
Cuidado!!!
 
III- UM DOS CUIDADOS QUE DEVEMOS TER É NÃO QUERER OUVIR APENAS O BOM, O GOSTOSO, O AGRADÁVEL, MAS OUÇA O QUE VOCE PRECISA OUVIR
 
I REIS 22:8- 8 Então disse o rei de Israel a Jeosafá: Ainda há um homem por quem podemos consultar ao Senhor-Micaías, filho de Inlá; porém eu o odeio, porque nunca profetiza o bem a meu respeito, mas somente o mal. Ao que disse Jeosafá: Não fale o rei assim.
 
Veja que Jeosafá ao perceber a falsidade daqueles profetas diante de Deus, quer ouvir a mesmo a direção de Deus, e não apenas o que lhe era conveniente, mesmo que fosse contrário a sua visão.
Então ele pergunta ao rei se não havia outro profeta, ao que Acabe responde que havia mais um, chamado Micaías, mas que ele só “profetiza mal a meu respeito.”
 
Ou seja Acabe achava que as profecias do homem de Deus que condenavam sua vida, porque estavam fora dos padrões de Deus eram más.
 
Ele não gostava de ouvir a direção de Deus, ele queria apenas alguém que apoiasse sua maneira de viver e sua forma de fé.
 
Irmãos isso é um grande perigo ainda hoje, pessoas que são corrigidas, avisadas, disciplinadas pela direção espiritual que está sobre eles, debaixo da interpretação correta das Sagradas Escrituras, das revelações de Deus, mas as pessoas não dão valor, não aceitam, e seguem seus caminhos abandonando a direção de Deus.
 
A Palavra de Deus diz que o SENHOR corrige
 
Hebreus 12:6 - 6 pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho.
 
 
Diz ainda que não devemos desprezar a correção do SENHOR
 
Hebreus 12:5- 5 e já vos esquecestes da exortação que vos admoesta como a filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, nem te desanimes quando por ele és repreendido;
 
A Palavra de Deus nos mostra que sem correção não somos parte da família de Deus
 
Hebreus 12:8- 8 Mas, se estais sem disciplina, da qual todos se têm tornado participantes, sois então bastardos, e não filhos.
 
Que não estamos preocupados com a Vida (alma)
 
Provérbios 15:32 - 32 Quem rejeita a correção menospreza a sua alma; mas aquele que escuta a advertência adquire entendimento.
 
Portanto de valor a quem te orienta, em quem não fala aquilo que você quer ouvir, aquele que não concorda com suas ações porque elas estão contrárias a Palavra de Deus.
 
Pois estes estão cuidando e guardando a sua vida
 
IV- É PRECISO SABER QUE O INIMIGO TEM USADO A BOCA DE MUITOS, PARA TE INDUZIR AO ERRO
 
I REIS 20:19-22- 19 Micaías prosseguiu: Ouve, pois, a palavra do Senhor! Vi o Senhor assentado no seu trono, e todo o exército celestial em pé junto a ele, à sua direita e à sua esquerda.
 
20 E o Senhor perguntou: Quem induzirá Acabe a subir, para que caia em Ramote-Gileade? E um respondia de um modo, e outro de outro.
 
21 Então saiu um espírito, apresentou-se diante do Senhor, e disse: Eu o induzirei. E o Senhor lhe perguntou: De que modo?
 
22 Respondeu ele: Eu sairei, e serei um espírito mentiroso na boca de todos os seus profetas. Ao que disse o Senhor: Tu o induzirás, e prevalecerás; sai, e faze assim.
 
Irmãos Micaías então mostra a visão que teve do trono da graça, sobre a questão de subir ou não para tomar Ramote Gileade, e nesta visão o SENHOR fazia uma pergunta sobre quem influenciaria a Acabe a fazer o que não devia.
 
A resposta foi rápida um espirito maligno mostrou que ele induziria os profetas de Acabe a profetizarem o erro, a mentira.
 
Você entende o cuidado que você deve ter com quem está a seu lado, com os conselhos que você ouve?
 
As pessoas não comprometidas com Deus, mesmo tendo nome de quem está comprometido com Deus, podem ser instrumentos do inimigo para te induzir ao erro.
 
Para ter revelação as pessoas tem que saber como está a vida daquele homem de Deus, se ele anda na presença de Deus.
 
Se a pessoa não deseja a verdade, o inimigo a atrai com suas mentiras, que satisfaçam seu ego.
 
Chega uma hora que Deus não consegue mais proteger, porque a pessoa não deseja mais escutar.
 
Veja que depois de ouvir a mensagem ele desafiou o profeta mandando prendê-lo, para ele era apenas uma contrariedade humana do profeta contra ele.
 
I REIS 22:26-27- 26 Então disse o rei de Israel: Tomai Micaías, e tornai a levá-lo a Amom, o governador da cidade, e a Joás, filho do rei,
 
27 dizendo-lhes: Assim diz o rei: Metei este homem no cárcere, e sustentai-o a pão e água, até que eu volte em paz.
 
V- QUEM ESTÁ PERTO DO ERRO, QUEM ENXERGA O ERRO E SE CALA OU SE AJUNTA CORRE UM SERIO RISCO
 
Veja que mesmo diante de tantos avisos, Jeosafá homem temente a deus resolveu subir com Acabe
 
I REIS 22:29- 29 Assim o rei de Israel e Jeosafá, rei de Judá, subiram a Ramote-Gileade.
 
Veja que Acabe Vai pautado na mensagem de seus profetas, mas nem ele mesmo confiava em seus profetas, a ponto de fazer uma proposta para que Jeosafá vestisse roupas reais em seu lugar enquanto ele se camuflaria no meio da Batalha.
 
 I REIS 22:30- 30 E disse o rei de Israel a Jeosafá: Eu me disfarçarei, e entrarei na peleja; tu, porém, veste os teus trajes reais. Disfarçou-se, pois, o rei de Israel, e entrou na peleja.
 
Duas atitudes totalmente néscias, uma a do rei desobediente Acabe, achando que se disfarçando fugiria da mão de Deus,
Outra do rei Jeosafá que mesmo diante da constatação do profeta que Acabe seria derrotado foi a guerra com ele e aceitou trocar de lugar com o rei acabe.
 
Veja que coisa interessante o rei da Assíria já tinha dado ordem para que seus soldados lutassem apenas com o rei acabe e com mais ninguém
 
I REIS 22:31- 31 Ora, o rei da Síria tinha ordenado aos capitães dos carros, que eram trinta e dois, dizendo: Não pelejeis nem contra pequeno nem contra grande, senão só contra o rei de Israel.
 
E quando seus soldados viram o rei que deveria ser Acabe, mas na realidade era Jeosafá, foram até ele para lutar e para mata-lo, e Jeosafá ao se ver em apuros, contra muitos guerreiros, teve tempo apenas de clamar e o SENHOR
 
I REIS 22:32-33 E sucedeu que, vendo os capitães dos carros a Jeosafá, disseram: Certamente este é o rei de Israel. Viraram-se, pois, para pelejar com ele, e Jeosafá gritou.
 
33 Vendo os capitães dos carros que não era o rei de Israel, deixaram de segui-lo.
 
Foi um único e grande clamor feito por Jeosafá e Deus respondeu, porque quando os Sírios viram que não era acabe se apartarem de Jeosafá, porém amigos poderia não ter dado tempo, por que Jeosafá mesmo vendo as mentiras E OS ERROS DE Acabe e seus profetas, se omitiu, desceu o nível espiritual de sua vida e quase morreu.
 
Jeosafá quase morreu por que aceitou o erro, as propostas longe da vontade de Deus.

Conclusão

Irmãos a proteção de Deus está e estará sempre sobre aqueles que são fieis a sua aliança com ELE.

Não se rodeie DE PESSOAS DESCOMPROMETIDAS COM DEUS SEM SE IMPORTAR COM ISSO


Apreenda a NÃO QUERER OUVIR APENAS O BOM, O GOSTOSO, O AGRADÁVEL, MAS OUÇA O QUE VOCE PRECISA OUVIR
 
O INIMIGO TEM USADO A BOCA DE MUITOS, PARA TE INDUZIR AO ERRO
 
 
 


Nenhum comentário: