segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

APRENDENDO A VIVER UMA VIDA EFICIENTE

Salmos 90:10,12
 (Salmos 90:10) - Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando.
(Salmos 90:11) - Quem conhece o poder da tua ira? Segundo és tremendo, assim é o teu furor.
(Salmos 90:12) - Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.
O livro de Salmos é um livro onde vários autores inspirados pelo Espirito Santo de Deus, escreveram estes versículos de adoração a DEUS, por entender quem ELE realmente é.

Davi escreveu praticamente metade dos salmos, outros homens de Deus que conduziam a adoração em Israel, como Asafe, Etã e os descendentes de Cora, escreveram cerca de 25 Salmos, Salomão dois e Moises o Salmos 90, os demais foram escritos por autores não são identificados.

O Salmo 90  o único Salmo atribuído   a Moisés,  é um registro de uma oração que Moisés faz a Deus , depois de quase 40 anos no deserto com o povo de Isarel.

Nesta oração ele mostra que havia entendido toda a fragilidade do homem, diante de um universo amaldiçoado  pelo pecado que entrou no mundo e também  a necessidade que cada um do povo tinha de ter este entendimento, esta revelação para que suas atitudes em relação a vida mudassem, para que houvesse bênçãos em sua vida .

Este salmo quer que  assim como o povo de Israel do êxodo a gente entenda alguns aspectos da nossa vida aqui na terra e como podemos viver de maneira adequada enquanto estamos aqui.

1.      MOISES QUERIA QUE A GENTE ENTENDESSE COMO A VIDA É BREVE

 (Salmos 90:10) - Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando.

Apesar de Moisés ter vivido 120 anos entendia que era uma exceção pois a vida naquele tempo era muito curta, a maioria morria antes dos 45 anos de idade devido as constantes guerras, os desastres naturais e as pestes que assolavam o mundo, muitos poucos por sua robustez chegava aos 70 ou 80 anos, e boa parte disso era enfado, ou seja chegavam debilitados pelas dificuldades da vida .

O  que o salmista esta queria que cada um de nós entendesse é:

O tempo não para e precisamos viver a vida da melhor  maneira e da forma mais sabia possível, para isso precisamos entender  o que tem importância eterna, para investirmos nisso.

(Mateus 6:19) - Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
(Mateus 6:20) - Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.

A nossa passagem por aqui é bem rápida, porém  apesar de ser rápida é esta passagem e as minhas escolhas que irão determinar: a minha alegria, felicidade, bênçãos e vida abundante aqui e o que eu entendo ser mais importante  aonde eu vou passar a eternidade.

(Deuteronômio 11:26) - Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição;
(Deuteronômio 11:27) - A bênção, quando cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, que hoje vos mando;
(Deuteronômio 11:28) - Porém a maldição, se não cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes.

(Romanos 10:9) - A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.

Mas hoje parece que as pessoas não percebem a importância destas escolhas e fazem escolhas que são comuns ao nosso tempo, mas que não são adequadas, são muitas vezes imediatas, pensam apenas no tempo atual:

a)      Quando as pessoas são jovens normalmente não estão nem um pouco preocupadas com a saúde do corpo, e quando começam a envelhecer tem uma vida cheia de turbulências em virtudes de doenças decorrentes do abuso da mocidade .

b)      Quantas pessoas pensam e investem apenas no material e os relacionamentos familiares são deixados de lado e dia após a sociedade tem se desestruturado.

Irmãos o salmista queria que cada um de nós vivesse com a consciência de que a brevidade da vida é uma certeza inegável e que somente Deus sabe quando ela vira para cada um de nós e portanto esse tempo permitido por Deus para que nós vivêssemos esta vida com critérios.

Esse critério é viver esse tempo, desde o principio  baseado nos ensinamentos e na sabedoria de  Deus,

(Eclesiastes 12:1) - LEMBRA-TE também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento;

Quanta pessoas  hoje com o pensameno apenas pensar em si mesmo, aproveitar a vida, o momento esquecendo-se do eterno?

É preciso cuidado a vida breve?

Davi entendeu isso e orou a deus

 (Salmos 39:4) - Faze-me conhecer, SENHOR, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil.
(Salmos 39:5) - Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade. (Selá.)
(Salmos 39:6) - Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará.

2.                  MOISÉS  ENSINA A NÃO DESPERDIÇAR O NOSSO TEMPO

(Salmos 90:12) - Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.

O salmista mostra a importância da gente aprender a perceber que o nosso tempo está passando, e que NÃO TEMOS TEMPO para desperdiça-lo,  precisamos fazer coisas que realmente sejam boas, edificantes, sábias, que tenham valor,  para nós, para nossos semelhantes , que tornem a nós e ao  mundo ao nosso redor melhor.

Ele fala de contar os dias, de ter uma preocupação de como eu vivo aquele dia, podemos entender que sua preocupação também era com os dias não contados .

Mas o que os dias não contados?

São aqueles dias  que não fizeram nenhuma diferença, são dias não aproveitados, onde não fizemos nada de valor, não aprendemos nada de valor , onde da nossa boca não saiu nada que realmente fosse proveitoso, quando não influenciamos o meio em que vivemos com algo que aponte para Deus e para sua bondade.

Tem gente se destruindo, destruindo  sua família, seu futuro profissional, seu ministério  porque não percebem que o tempo passa e  continuam agindo como crianças, continuam tomando atitudes intempestivas, vivendo apenas  de prazeres momentâneos, são imaturos, irresponsáveis e loucos, 
fazendo apenas a sua vontade, esquecendo do que Jesus quer.

Como você tem andado dia após dia, nada muda?

Voce tem melhorado, crescido, se tornado mais maduro?

Pense nisso o salmista falava isso com o povo no deserto, o povo de sua geração, que após o cativeiro do Egito, após caminhar no deserto por 40 anos, continuava com as mesmas manias, defeitos, pecados, etc.

E tempo de usar bem o tempo

(Colossenses 4:5) -  Andai com sabedoria para com os que estão de fora, remindo o tempo.

3.                  MOISES ENSINA QUE CADA UM DE NÓS TEM QUE CRESCER EM SABEDORIA A MEDIDA QUE O TEMPO

(Salmos 90:12) - Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.

Moises ensina que devíamos a cada dia que passa crescer em sabedoria, para nos aproximar mais de Deus, para moldar nosso caráter a imagem e semelhança de Deus, para termos atitudes mais justas, amorosas, etc.

É escolher melhor o que fazer baseados nos ensinamentos daquele que é onisciente

Muita gente confunde sabedoria com conhecimento, vamos ver as diferenças:

Conhecimento é quando se  sabe  de um fato.

Sabedoria no entanto é quando eu sei o que fazer com este fato, quando eu sei lidar com as situações, quando  eu sei enfrentar com as armas certas as adversidades, isso se chama sabedoria.

Sabedoria e usar o conhecimento para saber a melhor forma de lidar com qualquer situação, sempre baseado a com a Palavra.

Porque Moisés falava sobre isso?

Porque Moisés estudou muito, entre os mlehores, conhecia de ciência, de astronomia , de arquitetura, porém faltava sabedoria, quando viu seu povo oprimido, resolveu matar o egípcio que maltratava seu povo, uma atitude de compaixão, de coragem, porém não de sabedoria, pois teve que fugir e ficar longe por quase quarenta anos

(Êxodo 2:12) - E olhou a um e a outro lado e, vendo que não havia ninguém ali, matou ao egípcio, e escondeu-o na areia.

Quanto tempo perdido por falta de sabedoria

Salomão sabia o quanto a sabedoria era importante e pediu a Deus que lhe concedesse sabedoria, hoje muitos vivem pedindo tantas coisas para Deus, que são efêmeras, passageiras e deixam a sabedoria de lado, a Biblia fala sobre isso:

(Hebreus 5:12) - Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento.
(Hebreus 5:13) - Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino.
(Hebreus 5:14) - Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.

Conclusão

Irmãos Moises foi um homem ensinado na corte Egipcia, aprendeu tudo o que havia de melhor na sabedoria humana, mesmo assim ele percebeu que era um homem inteligente mas não sábio, até que durante 40 anos no deserto foi adquirindo sabedoria do alto e pode liderar o povo de Deus a terra prometida e deixar escrito estas orientações.

Irmãos estamos entrando em um novo ano, daqui há alguns dias , e a medida que o tempo passa a volta de Jesus esta mais perto, e necessitamos estar vivendo dessa maneira, sabendo que a nossa vida aqui é breve, que devemos crescer em sabedoria, de viver uma vida de escolhas corretas, que não apenas nos beneficiem, mas nos levem a influenciar pessoas a andarem conforme Jesus nos orienta.

(Colossenses 1:10) - Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus;


Nenhum comentário: