sábado, 11 de janeiro de 2014

SE O MEU POVO SE HUMILHAR, ORAR, EU OUVIREI


Tá difícil? A Luta tá grande? Came, ore mais e mais é você vai experimentar a vitória

I-Introdução

(Salmos 3:1) - SENHOR, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.
(Salmos 3:2) - Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. (Selá.)
(Salmos 3:3) - Porém tu, SENHOR, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.
(Salmos 3:4) - Com a minha voz clamei ao SENHOR, e ouviu-me desde o seu santo monte. (Selá.)
(Salmos 3:5) - Eu me deitei e dormi; acordei, porque o SENHOR me sustentou.
(Salmos 3:6) - Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam.
(Salmos 3:7) - Levanta-te, SENHOR; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios.
(Salmos 3:8) - A salvação vem do SENHOR; sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá.)

O Salmo 3 foi composto por Davi, quando este fugia de seu filho Absalão, e tentava acabar com esta revolta.
E um salmo que mostra Davi cercado de aflições, e com um monte de adversários que se levantava contra ELE, o que podemos aprender neste salmo?

II- PODEMOS APRENDER QUE AQUELE QUE ANDA NOS CAMINHOS DO SENHOR, DESAGRADA MUITA GENTE

(Salmos 3:1) - SENHOR, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.

Davi  era o caçula dos oito filhos de Jessé o Belemita, escolhido por DEUS para reinar sobre Israel, após a morte de Saul, ficou coneciddo como um homen  que ficou conhecido por ser um servo fiel a DEUS,

(Atos 13:22) - E, quando este foi retirado, levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.

Mas mesmo assim a PALAVRA DE DEUS nos mostra que Davi via seus adversários crescendo, e não um crescimento simples, mas uma multiplicação de adversários.

O que o SENHOR quer que eu e você entendamos é que quando eu e você nos posicionamos de maneira diferente que o mundo se apresenta, o número de nossos inimigos vão crescer, e devemos compreender o que isso representa.

Primeiro o sistema do mundo é mal, e isto nos foi orientado:

(I João 5:19) - Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.

Mas muito dos cristãos vivem buscando a comunhão com o mundo, praticando o que o mundo pratica, se associando ao mundo, debaixo de um monte de desculpas, esquecendo que o mundo odeia tudo aquilo que é de DEUS.

(João 15:18) - Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim.

E que jamais deveríamos nos associar com ele.

(II Corintios 6:14) - Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?

Amado grande parte de nossos problemas está em não dar a devida importância a esta orientação, de se envolver com as coisas do mundo.

O SENHOR nos deixou vários avisos sobre este perigo:

(Tiago 1:27) - A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.
(Tiago 4:4) - Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.

O Apóstolo Paulo entendeu muito isso, Paulo era um erudito no conhecimento, mas mesmos assim largou tudo isso para se separar do mundo.

(Gálatas 6:14) - Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.
Irmão se afaste do mundo, de seu sistema, de suas propostas, por mais lindas que elas possam parecer, porque esta é a vontade do Pai.

III- A TÁTICA DO MUNDO É DIZER PARA NÓS QUE DA FORMA COMO ESTAMOS NÃO HÁ COMO VENCER

(Salmos 3:2) - Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. (Selá.)

Veja que quem estava ao lado de Davi, quem estava contra Davi, queria que ele entendesse que sua situação era tão complicada que nem DEUS poderia livrá-lo.

O interessante que seus inimigos aqui, eram judeus aliados a seu filho, ou seja, gente da mesma fé (teoricaamente) que  achavam que estavam certos na rebelião, ou que tinham outros interesses e não se importavam com o adireção de DEUS.

Cuidado irmão, dentro e fora da igreja, com gente que busca seus pro´prios interesses e n~çao se preocupa em atender a direção de DEUS.

Cuidado com aqueles que acham que a única solução está fora da PALAVRA DE DEUS.

(Provérbios 16:1) - DO homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua.

Em nenhum momento você será abandonado por DEUS

(Hebreus 13:5) - Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.

O que eu e você precisamos e não abandonar a nossa confiança

(Hebreus 10:35) - Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão.
(Hebreus 10:36) - Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa.
(Hebreus 10:37) - Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.
(Hebreus 10:38) - Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.
Não dê ouvidos a saídas que não levam em consideração a PALAVRA DE DEUS
IV- APRENDEMOS QUE NOS FAZ VENCER AS ADVERSIDADES É O CLAMOR
(Salmos 3:4) - Com a minha voz clamei ao SENHOR, e ouviu-me desde o seu santo monte. (Selá.)
Você sabe que há uma diferença entre oração e clamor?

“O qual, nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia.” Hebreus 5:7

Orar é falar com Deus. É conversar com O Senhor e dizer a Ele as nossas necessidades.

Clamar é suplica, Na realidade, um clamor é uma súplica, um pedido em voz alta, com fervor, com sentimento de piedade e compaixão. Quem clama por algo, pede ardentemente. É a expressão do aflito, de quem precisa de socorro.

Amados tem certas causas que apenas orar nãoé suficiente, temos que clamar sós e acompanhados, para que aja uma mudança na oração. Davi sabia disso e neste momento em que o seus  inimigos e multiplicaram contra ele , ele partiu para o clamor.
Os filhos de Israel suspiraram por causa da servidão, e clamaram; e o seu clamor subiu a Deus por causa de sua servidão. (V.23b). Êxodo 2.11-25

Não são poucas as vezes em que nos vemos cercados de situações que parecem sem solução. São problemas financeiros, de saúde, de família, de relacionamento... Às vezes, chegamos a vacilar e a duvidar da própria existência de Deus, e perguntamos: "Onde está Deus que não enxerga o nosso sofrimento e não nos ajuda?"

O povo de Israel estava nessa situação. Gemia sob a escravidão, no Egito. Gritou por socorro, e os seus pedidos chegaram até Deus, que os ouviu e os atendeu, enviando Moisés que, mais tarde, tornou-se o seu grande líder e o librtou da escravidão.

O povo pediu socorro e foi ouvido. Diante de situações difícies, também nós podemos e devemos gritar, pedindo socorro. Ao contrário do que parece, Deus não é surdo aos nossos clamores, mas "Ele me ouve sempre que eu clamo pedindo socorro" (Salmo 116.2).

Assim como ele ouviu e atendeu os clamores de Israel, também está pronto para atender aos nossos gemidos. Ele mesmo nos diz: "Se me chamarem no dia da aflição, eu os livrarei, e vocês me louvorão" (Salmos 50.15).

Meu irmão tá faltando clamor em situações, estamos as vezes optando pelo mais fácil. Vitórias vem com a vida cotidiana de oração, grandes vitórias vem com clamor individual e coletivo da Igreja.

V-  O CLAMOR GERA RESULTADOS IMPRESSIONANTES NO MEIO DO AMBIENTE DE LUTAS

(Salmos 3:5) - Eu me deitei e dormi; acordei, porque o SENHOR me sustentou.

As vezes fivcamos pensando como enfrentar tanta gente, como arrumar força, destreza, estratégia, para lutas tão árduas.

A Palavra mostra que tudo o que precismos vem em resposta do clamor. Descanso do sono no meio da luta, o sustento de DEUSnas batalhas.

(II Corintios 10:4) - Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;
(Salmos 144:1) - BENDITO seja o SENHOR, minha rocha, que ensina as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra;

Deus te abençõe, não de ouvidos a palavras desanimadoras, por mais importantes que seja quem a falou, não de ouvidos aos seus sentimentos, pois eles são enganosos, apenas creia que tudo é possível ao que crê, e que aquele que tem fé fará coisas ainda maiores do que já imaginamos ou pensamos.







Nenhum comentário: