domingo, 22 de dezembro de 2013

AS ESCOLHAS QUE FAZEMOS


Estamos praticamente começando um novo ano, acabamos 2013, com muitos planos concluídos e outros nem começados, alguns de sucesso em 2013, outros nem tanto, temos que inevitavelmente fazer algumas escolhas para 2014, e este é o problema, pois se escolhemos certo, dentro da direção do SENHOR, as coisas caminham de forma abençoada, porém quando as escolhas são precipitadas e dirigadas por nosso ego, as coisas são muito mais dificieis.

Esta meditação falta sobre um homem que escolheu, e o que causou sua s escolhas, vamos meditar um pouco sobre a vida de Elimeleque e verificar o que podemos aprender com ele.


RT 1:1 -  E SUCEDEU que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma fome na terra; por isso um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele e sua mulher, e seus dois filhos;
RT 1:2 -  E era o nome deste homem Elimeleque, e o de sua mulher Noemi, e os de seus dois filhos Malom e Quiliom, efrateus, de Belém de Judá; e chegaram aos campos de Moabe, e ficaram ali.
RT 1:3 -  E morreu Elimeleque, marido de Noemi; e ficou ela com os seus dois filhos,
RT 1:4 -  Os quais tomaram para si mulheres moabitas; e era o nome de uma Orfa, e o da outra Rute; e ficaram ali quase dez anos.
RT 1:5 -  E morreram também ambos, Malom e Quiliom, ficando assim a mulher desamparada dos seus dois filhos e de seu marido.
RT 1:6 -  Então se levantou ela com as suas noras, e voltou dos campos de Moabe, porquanto na terra de Moabe ouviu que o SENHOR tinha visitado o seu povo, dando-lhe pão.

O texto nos revela um momento na vida de um servo de DEUS, que teve que fazer uma escolha e esta escolha nos revelará alguns ensinamentos de JESUS para nós.

A decisão é tomada por um homem chamado Elimeleque, era o marido de Noemi, que por sua vez era sogra de Rute, no tempo dos juízes em Israel.

No tempo de Elimeleque a fome atingiu a terra de Israel, e diz a PALAVRA no v.1 que Elimeleque toma uma atitude:

V1) E SUCEDEU que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma fome na terra; por isso um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele e sua mulher, e seus dois filhos;

Elimeleque resolveu mudar para as terras de Moabe, E VEJA O QUE APRENDEMOS


II – DEVEMOS TOMAR CUIDADO COM AS DECISÕES PRECIPITADAS

Se olharmos superficialmente poderíamos entender que esta atitude de Elimeleque era correta, porém não era. Quando temos uma decisão a tomar devemos analisar bem, não agindo na impulsividade, pois agir sem a devida reflexão faz com que a gente acabe perdendo a benção.

Muitas vezes agimos como Elimeleque, quando enfrentamos momentos de luta, quando os negócios não vão bem, quando  a fome bate a nossa porta, somos obrigados a tomar decisões, porém precisamos tomar cuidado para que estas decisões não sejam decisões precipitadas, para que a gente não sofra as conseqüências.

A Bíblia nos exorta a não sermos precipitados


PV 19:2 -  Assim como não é bom ficar a alma sem conhecimento, peca aquele que se apressa com seus pés.

AT 19:36 -  Ora, não podendo isto ser contraditado, convém que vos aplaqueis e nada façais temerariamente; (precipitadamente)

O que a gente vê é que os problemas não terminaram na família de Elimeleque, ele foram para uma terra idólatra, um local onde o pecado era constante, lá ele morreu, seus filhos morreram, ficando apenas a viúva.

Elimeleque entendia que a mudança de local terminaria com os seus problemas, porém o que aprendemos é que a mudança de um local não significa que os problemas vão acabar. Mudar de cidade, mudar de casa, mudar de emprego, não vai resolver o problema, o que é preciso é orar muito antes de tomar uma decisão.

Nem sempre as mudanças são o melhor para a nossa vida, muitos perdem a benção do SENHOR por tomarem a atitude errada, fazendo negócios que DEUS não mandou fazer, indo para lugares que DEUS não mandou ir, e depois se lamentam achando que DEUS não abençoou.


III – PRECISAMOS ANTES DE TUDO DESCOBRIR QUAIS SÃO OS PLANOS DE DEUS PARA A NOSSA VIDA

PV 16:1 -  DO homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua.

Se nós não conhecermos os planos de DEUS para a minha vida eu com certeza fracassarei, pois os meus planos não são os planos do SENHOR.

Neste caso Elimeleque viu a fome, porém não consultou ao SENHOR, que com certeza lhe mostraria que se somos dele, se nos consagramos a ELE , ELE suprirá as nossas necessidades e não precisaremos mudar de lugar para receber as bênçãos, mais as bênçãos nos alcançarão

SL 33:18 -  Eis que os olhos do SENHOR estão sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua misericórdia;
SL 33:19 -  Para lhes livrar as almas da morte, e para os conservar vivos na fome.

SL 37:18-19 -  O SENHOR conhece os dias dos retos, e a sua herança permanecerá para sempre.
SL 37:19 -  Não serão envergonhados nos dias maus, e nos dias de fome se fartarão.
O que o SENHOR estava falando aqui é que os planos de DEUS para nós é de guardar a nossa vida, de supri-la do que for preciso.

IV- COMO SABER SE SOMOS REALMENTE CONSAGRADOS  SENHOR

2CO 13:5 -  Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos.

A Natureza humana possui uma inclinação para examinar os outros, porém as escrituras nos exortam em vários textos a verificar a nós mesmos.

Este auto-exame nos auxiliará a identificar se estamos próximos de DEUS. Consagração traz consigo algumas práticas:

a)    AMAR A DEUS COM TODO O MEU SER ( MATEUS 22:37-38)

Estou amando a DEUS de todo o meu coração, acima de qualquer coisas, ou estou amando a mim mesmo, ao mundo e as coisas do mundo

b)   AMAR AO SEMELHANTE ( MATEUS 22:39)

Jesus após definir o primeiro mandamento, definiu o segundo que era “Amarás a teu próximo como a ti mesmo”.
Será que eu amo ao meu próximo, abençôo os que me amaldiçoam, faço bem, me preocupo com o bem estar dos outros.

Uma boa pergunta para isso é : De que maneira eu seria amado por meu próximo, se ele me amasse da mesma maneira como eu o amo”

c)   tenho confessado a cristo diante dos homens ( mateus 10:32-33)

Obedeço aos mandamentos de Cristo, de contar as grandes coisas que DEUS tem feito por mim.
Confessamos ou negamos a Cristo diante dos homens todos os dias, podemos ouvir o que a mulher ouviu  em:

-          JO 4:39 -  E muitos dos samaritanos daquela cidade creram nele, pela palavra da mulher, que testificou: Disse-me tudo quanto tenho feito.

d)   ORO COMO DEVERIA ( I TESS 5:17)

Oro como a Bíblia me orienta sem cessar, ou só oro quando necessito de uma solução para minha vida?
Aquele que não ora mostra a DEUS que é auto suficiente, pois rejeito a necessidade de orar.

e)    LEIO A BIBLIA COMO DEVERIA  ( II TIMÓTEO 3:16-17)
Gastamos tempo lendo a PALAVRA , a PALAVRA são meu prazer e meditação ou tenho mais prazer na leitura de outras literaturas, deixando de me tornar hábil em toda a boa obra.

f)     ASSISTO OS CULTOS DA MINHA IGREJA ( HEBREUS 10:25)

Um dos mandamentos é não deixar de se congregar, será que cumprimos esse mandamento?
Você já pensou se os cultos da Igreja só pudessem se realizar se você estivesse presente, quantos cultos haveria?
Você gostaria de que o SENHOR visitasse a sua casa, tanto quanto você visita a dele ( Salmos 122:1)

g)   CONTRIBUO FINANCEIRAMENTO COM A OBRA DO SENHOR ( MALAQUIAS 3:10)

Somos exortados a contribuir com a obra do reino com nosso dizimo, ofertas, de maneira sistemática, com alegria.
Qual seria a situação financeira de minha Igreja se todos os membros seguissem meu exemplo?

Essas são características de um servo consagrado ao SENHOR que recebe as promessas de DEUS.
Se tivermos dificuldade para esclarecer estas perguntas, peçamos ao SENHOR que nos ajude

SALMOS 26:2- SL 26:2 -  Examina-me, SENHOR, e prova-me; esquadrinha os meus rins e o meu coração.

(SALMOS 139:23)

V- AS VEZES PERDEMOS A VISITAÇÃO DO SENHOR, POR CAUSA DE ESCOLHAS ERRADAS

v.6) RT 1:6 -  Então se levantou ela com as suas noras, e voltou dos campos de Moabe, porquanto na terra de Moabe ouviu que o SENHOR tinha visitado o seu povo, dando-lhe pão.

A Família de Elimeleque estava em Moabe, por causa da fome, e por este motivo perde a visitação de DEUS na terra de Judá.
Isto é comum na nossa vida, quando saímos fora da vontade de DEUS, perdemos a sua visitação.
Temos que entender que a visitação de DEUS é certa

SL 65:9 -  Tu visitas a terra, e a refrescas; tu a enriqueces grandemente com o rio de Deus, que está cheio de água; tu lhe preparas o trigo, quando assim a tens preparada.

O SENHOR sempre visita a terra, trazendo a benção para o seu povo, quando nos colocamos em clamor e oração, ele vêem, portanto no tempo de fome, de luta, saiba que ele vai te visitar, ele te ajudará, não fuja da vontade de DEUS.

CONCLUSÃO

O SENHOR quer nos mostrar que ELE é o nosso DEUS em todo tempo, ELE dá segurança a cada dia de nossas vidas.
Não fuja da vontade do SENHOR, não tome decisões precipitadas, não coloque em risco aprenda a confiar no SENHOR.


Nenhum comentário: